sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
Gabriel sugere ampliação de horário de atendimento no Posto de Saúde Central
Gabriel sugere ampliação de horário de atendimento no Posto de Saúde Central

Prezando pela saúde pública e bem estar social de cada munícipe, e devido à pandemia, mas também neste período crucial de início de inverno pelo qual estamos atravessando, em caráter excepcional e temporário, o vereador proponente Gabriel Diedrich (MDB), juntamente com os demais vereadores, encaminhou a Indicação nº 147/2022 solicitando ao Poder Executivo e à Secretaria da Saúde, um estudo para ampliação do horário de atendimento no Posto de Saúde Central.

Em média mais de 70 atendimentos são realizados diariamente no plantão de urgência e emergência disponibilizado no Hospital Municipal. O alto volume de atendimento de casos enquadrados como consultas é um dos fatores apontados como desafio a ser vencido para melhorar e agilizar o serviço prestado à população.

Em busca de alternativas para o atendimento de consultas e o consequente alívio de atendimentos no Hospital, a sugestão visa buscar a ampliação de atendimento da unidade do Posto de Saúde Central com um novo turno de atendimento estendido por mais duas ou três horas. Neste formato, muitos trabalhadores poderão contar com acompanhamento médico, desafogando, inclusive, o Hospital Municipal.

Tendo em vista a grande problemática na área de saúde do município, onde muitas pessoas tem ficado por horas na espera e com dificuldades extremas de atendimento, a partir do momento em que o horário dos atendimentos médicos fosse ampliado, por exemplo até as 21h, no Posto de Saúde Central, os vereadores acreditam que o número de atendimentos e consultas no Hospital Municipal diminuiria consideravelmente, principalmente, no período noturno. Hoje muitas pessoas que saem de seus empregos no final da tarde não conseguem pegar o posto aberto.

De acordo com o vereador Gabriel, esta é uma medida que serve para auxiliar no atendimento médico do cidadão.

“Temos essa possibilidade de atenuarmos o atendimento em saúde no município, especialmente de forma a não sobrecarregar e desafogar um pouco o atendimento do Hospital, a urgência e emergência, especialmente nesse período crítico de início de inverno onde as síndromes gripais tem sido em número demasiado elevado e se misturam a casos de Covid e outras demandas médicas. Muitos usuários acabam esperando demais por atendimento ou saem frustrados pelo fato de terem de ir ao hospital e concorrer com demandas possivelmente mais urgentes”, sustenta o vereador Gabriel Diedrich, que debateu o assunto nesta terça-feira com o secretário de Saúde, Antônio Selistre, acompanhado da colega vereadora Jacira Santos, servidora da Secretaria de Saúde.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 08/06/2022
Atualização: 08/06/2022
Acessos: 14

Compartilhar

whatsapp facebook twitter