Vieira pede a retomada do programa de grupos de apoio ao tabagismo no CAPS

Parar de fumar não é uma simples questão de força de vontade. O cigarro causa dependência química e quem decide por abandonar o vício passa por grandes desconfortos físicos e psicológicos que trazem sofrimento, muito devido a crises de abstinência. Entender o que acontece com o tabagista e suas tentativas de parar de fumar é fundamental para que se possa ter a real dimensão do problema.

Preocupado com a demanda existente e a falta do programa que atende gratuitamente a população de Santo Antônio da Patrulha, o vereador Antônio Vieira Dias (MDB) apresentou, na segunda-feira (08), a Indicação n° 226/2022, que pede a retomada do programa de grupos de apoio ao tabagismo no CAPS.

A retomada dos grupos de cessação do tabagismo tem como objetivo fornecer ao tabagista meios de interromper o uso do tabaco, através de um grupo de apoio e intervenção farmacológica, com auxílio de uma equipe multiprofissional.

“O programa já foi ofertado pelo município a algum tempo atrás, e que sempre obteve muita procura pelo tratamento, os grupos sempre foram em grande número e até hoje encontramos pessoas comentando sobre o quanto beneficiou-se com a ajuda no tratamento para parar de fumar e que sem essa ajuda não teria conseguido”, destaca o vereador.

Dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer) indicam que o tabagismo e a exposição pacífica ao cigarro são as principais causas de câncer de pulmão, a segunda causa-morte mais frequente no Brasil. Segundo o Instituto, em cerca de 85% dos casos diagnosticados, o câncer está associado ao consumo de derivados do tabaco.