As origens de Santo Antônio da Patrulha remontam à própria história do Estado. Com a fundação da Colônia de Sacramento em 1680, cresce o interesse dos colonizadores portugueses em povoar e defender o território meridional do Brasil. Por volta de 1736 é aberta por Cristóvão Pereira de Abreu a Estrada dos Tropeiros. Devido ao contrabando de gado que passava por essa estrada, surgiu um \"Registro\" ou \"Guarda\", mais tarde chamada patrulha. Esta fiscalizava e cobrava impostos dos rebanhos que passavam por ali e seguiam para Sorocaba e Minas Gerais. Esse aquartelamento é responsável por parte do nome do município, que antes chamava-se Guarda Velha de Viamão.

 

No início de 1743, Inácio José de Mendonça e Silva se estabelece efetivamente na atual sede do município com \"roças e casas\". Ele e sua esposa, Margarida Exaltação da Cruz, são considerados os fundadores do Município, por terem construído uma capela, batizada de Santo Antônio. Em volta desta capela, surgiu um povoado, que mais tarde se tornou o Município de Santo Antônio da Patrulha. Atualmente, o local é onde encontra-se a Pira da Pátria, bem à frente da Prefeitura, na Av. Borges de Medeiros.

 

Em 1760, foi elevado à condição de Freguesia para, em 1809, passar a Vila. Simultaneamente, Rio Grande, Rio Pardo e Porto Alegre também receberam a mesma condição, sendo por isso considerados os quatro municípios mais antigos do Rio Grande do Sul.

 

Em 3 de abril de 1811 foi oficialmente instalado o Município de Santo Antônio da Patrulha, que recebeu esta denominação em função das patrulhas instaladas em seu território objetivando a cobrança de impostos para a Coroa.

 

Dados Geográficos
O Município de Santo Antônio da Patrulha, dispõe de uma área territorial de 1.069 km², estando sua Sede a 57 metros do nível do mar, latitude sul –29,818 e longitude de –50,52, constituindo-se em uma região denominada Litoral Norte, constituindo a micro região homogênea do litoral setentrional do RS. De acordo com o último censo do IBGE, em 2010 a população era de 39.685 habitantes.

 

Limites
Santo Antônio da Patrulha limita-se ao norte com Rolante e Riozinho, ao sul com Viamão e Capivari, a leste com Osório e Caraá e, a oeste com Taquara, Glorinha e Gravataí.

 

Ligações com outros Municípios
Distante 76 km de Porto Alegre, através da BR 290 e da RS 30, proporcionam ligação com a Capital e através do Município de Osório, com o centro do País, pela BR 101, já pela RS 474 ligação é com Rolante, Taquara e a serra gaúcha.

 

Hidrografia
O Município de Santo Antônio é dividido por duas bacias hidrográficas. Na área plana, formada na grande planície lacustre, característica do Litoral Norte do RS, encontra-se a bacia do Rio Gravataí, cuja nascente localiza-se no banhado do Chicolomã, sendo alimentada por dois arroios que cortam a área urbana.
Originária no Município de Caraá, a bacia do Rio dos Sinos corta o Município com suas águas sendo utilizadas para agricultura e pecuária.

 

Distritos
O território Municipal é divido administrativamente em seis distritos:

1º Distrito - Sede municipal e área urbana ao redor de 13 Km
2º Distrito - Sede em Miraguaia
3º Distrito - Sede em Catanduva Grande
4º Distrito - Sede em Pinheirinhos
5º Distrito - Sede em Chicolomã

 

Vegetação
Campos e mata sub-tropical

 

Clima
O clima do município é caracterizado por uma temperatura média anual de 20ºC. A média das temperaturas máximas é de 23,8C, e a das mínimas é de 15,4ºC. Quanto ao regime de chuvas, o mês mais chuvoso é setembro, enquanto que abril e maio são os de menor precipitação.