Passe Livre Estudantil será estendido ao Litoral e Vale do Paranhana

Os vereadores Charlis Santos e Manoel Adam, da bancada do MDB da Câmara de Santo Antônio da Patrulha, acompanhados do diretor do campus local da Furg, professor Antônio Valente, estiveram reunidos na Metroplan, no último dia 12, com Hélio Schreinert Filho, coordenador do programa Passe Livre Estudantil, e Brunilda Werner, coordenadora operacional, para encaminhar a solicitação de passe livre do transporte público dos acadêmicos que fazem deslocamento às universidades da região.

Na ocasião, as lideranças de Santo Antônio da Patrulha explicaram a necessidade de ser estabelecido um prazo de início do oferecimento de passe livre para estudantes que se deslocam às universidades e escolas técnicas de Taquara: universidade Faccat e escolas técnicas Unipacs e Cimol.

Outro pleito apresentado aos representantes da Metroplan diz respeito à necessidade de liberação do passe livre para deslocamento entre aglomerados, o que passa a permitir que acadêmicos de Santo Antônio da Patrulha possam ter gratuidade de transporte nas viagens à Facos/Unicnec, de Osório, e Unisc e Uniasselvi, de Capão da Canoa. Além de atender os nossos estudantes que se deslocam para a região Litoral Norte, essa medida beneficiaria aqueles que migram de lá para estudar no campus da Furg em Santo Antônio da Patrulha.

O diretor do campus da Furg-SAP, Antônio Valente, destacou a necessidade dessa oferta de passe livre aos estudantes do litoral norte a fim de que se permita uma universalidade maior de acesso ao transporte gratuito aos acadêmicos da região e se solidifique ainda mais o campus da universidade federal no Município. “Nós de Santo Antônio queremos e precisamos de mais alunos. Há uma demanda de acadêmicos do litoral para acesso ao passe livre e com a previsão de 02 novos cursos noturnos para o próximo ano, dentre eles a Administração, tão solicitada pelos alunos, temos essa preocupação em garantir que eles tenham acesso ao transporte gratuito”, afirmou Valente.

Em resposta às solicitações, a coordenadora operacional do Passe Livre no Estado, Brunilda Werner, disse que o decreto que permite estender o conceito de aglomerados urbanos, liberando a gratuidade de transporte de estudantes entre regiões, já está sendo confeccionado pela Metroplan. Brunilda ainda explicou que o Programa Passe Livre atende hoje alunos da Região Metropolitana e de outros 13 aglomerados, sendo o transporte gratuito prestado pelos atuais concessionários de linhas.

 

Mutirão do Passe Livre Estudantil

Acontece no próximo dia 27, das 9h às 16h, na Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, o segundo mutirão do Programa Passe Livre Estudantil, organizado pelo Departamento de Juventude da Prefeitura de Santo Antônio da Patrulha em parceria com o gabinete do vereador Charlis Santos e AULIN (Associação dos Universitários do Litoral Norte).

Nesse mutirão, há emissão imediata da carteira de Meia Entrada 2018, ao custo de R$ 30,00, que permite a habilitação ao Programa Estadual do Passe Livre Estudantil, regulado pela Metroplan, para onde serão endereçados os documentos dos estudantes.  Para maiores informações, contatar com Departamento da Juventude, através do telefone (51) 3662.8400, ou Gabinete do Vereador Charlis, através do telefone (51) 3662.3555.

 

Documentos necessários para habilitação no Passe Livre Estudantil:

- Ficha preenchida e autenticada em cartório; https://goo.gl/8otWy7;

- Foto 3x4 (apenas para novos cadastros);

- Cópia do RG e CPF, do beneficiário e todos os integrantes do grupo familiar;

- Atestado de Matrícula do semestre atual (contendo nome completo do aluno, período de início e término do semestre, dias e horários das aulas);

- Atestado de frequência do último semestre que utilizou o benefício (novos cadastros não precisam do atestado de frequência);

- Comprovante de residência com data de emissão de no máximo 90 dias anteriores da data de entrega da documentação. (Caso o comprovante de residência não esteja em nome do estudante, pai ou mãe, o titular do comprovante deverá fazer uma declaração do comprovante ou na cópia dele informando que o estudante reside naquele endereço, juntamente com cópia da identidade do titular).

- Comprovante de renda do beneficiário e de todos os integrantes do grupo familiar dos últimos 3 meses;

*Em caso de não possuir renda, fazer uma declaração reconhecida em cartório informando que não possui renda e cópia da CTPS (as duas páginas dos dados, último contrato e próxima em branco. Se não possuir último contrato, apenas primeira em branco. (Os dois documentos são necessários)

*Caso o estudante seja bolsista do PROUNI/PRAE fica isento de comprovar sua renda e do grupo familiar. Para isso deve levar o contrato e atualização da bolsa. (Os documentos de todo grupo familiar continuam sendo necessários)