Bairro Madre Tereza segue com problemas de alagamentos

 “Cada vez que chove dá medo”, é o que relata a família Silva há mais de oito anos. A residência localizada na Rua Adão Barbosa, nº 44, esquina do bar maravilha, bairro Madre Tereza sofre por problemas de escoamento.

Moradores no final da rua já construíram casas mais altas, com degraus e muretas, com a finalidade de amenizar a água que chega e desce com força.

Desde a última chuva forte foi perdido todos os móveis da família Silva. Hoje dependem de doações, devido à falta de coragem de arriscarem novas compras, devido ao medo.  

Os problemas persistem canos quebrados, entupidos, falta de limpeza dos bueiros e mais as construções de casas e muros que não permitem a vazão da água. Com isso, qualquer chuva que caia é suficiente para alagar tudo e invadir as moradias com água contaminada de esgoto.

Na tarde desta terça-feira (08), o vereador Marcelo Gaúcho, depois de ser marcado nas redes sociais, visitou a rua. Os próprios moradores mostraram de que forma é possível escoar a água e evitar os alagamentos.

Conforme a família Silva, já conversaram pessoalmente com o Prefeito Municipal de Santo Antônio da Patrulha, Daiçon Maciel da Silva, com o vice-prefeito, Zezo, abriram protocolos na Prefeitura, mas até agora nada resolvido.

Gaúcho entrou em contato com o diretor de obras, Delmo Tedesco, que afirmou conhecer o problema desta região, mas justificou que as suas equipes de trabalhos estão reduzidas. Ficou tratado com o vereador que ainda nesta semana estará deslocando alguém para verificar de que forma poderá resolver o problema.

“A partir de agora eu estarei acompanhando o problema destas famílias e espero que dentro de poucos dias seja resolvido”, diz Gaúcho.

As previsões meteorológicas prevê um mês chuvoso e com temporais.