Adelino pede que licitações municipais não permitam terceirização

O vereador Adelino Stecanela (DEM) apresentou indicação, durante a Reunião Ordinária do dia 30/03, solicitando que sejam proibidas as terceirizações em contratos futuros firmados pela Prefeitura. De acordo com ele, empresas de fora de Santo Antônio da Patrulha vencem as licitações mas não realizam a obra ou serviço acordado, apenas repassam a prestadores de serviços que, muitas vezes, também terceirizam a execução dos contratos.

“Temos diversas obras incompletas ou sucateadas no Município, devido a concretização do contrato ter sido terceirizada várias vezes, acontecendo uma espécie de terceirização da terceirização. É claro que isso resulta em empresas sem estrutura nenhuma ficando encarregadas de executar o serviço”, reclamou o vereador.

Adelino também destacou a entrada na Câmara do Projeto de Lei nº 097/2015, que disponibilizará recursos para que a Secretaria de Gestão e Planejamento contrate um engenheiro para fiscalizar as obras públicas. “Até agora, esses trabalhos eram realizados sem fiscalização alguma, algo que somado a falta de estrutura das empresas executoras resultava em obras sem qualidade alguma”, lembrou ele.

O vereador ainda aproveitou para pedir a desburocratização dos processos licitatórios no Município. De acordo com ele, as exigências atuais têm dificultado a participação dos construtores locais de forma competitiva nas licitações.