André Selistre pede alteração na taxa de lixo

A taxa da coleta de lixo e tratamento de resíduos sólidos em Santo Antônio da Patrulha tem gerado muita polêmica entre a população. Pensando nisso, o vereador André Selistre (PSB) apresentou, durante a Reunião Ordinária da Câmara do dia 9 de março, indicação solicitando mudanças na tarifa. O pedido sugere que a base utilizada para o cálculo da taxa seja pelo número de moradores, em imóveis residenciais, ou de funcionários, em imóveis comerciais. Na mesma indicação, ele ainda pede que a majoração dos valores da taxa não seja realizada nos próximos três anos.

“Atualmente a cobrança é feita de acordo com a área edificada. Mas há muitas casas enormes em que moram apenas uma ou duas pessoas e que acabam pagando um valor que não condiz com o que geram de resíduos sólidos. Afinal, o lixo é produzido por pessoas, independente do tamanho do imóvel que residem. Portanto, peço que em 2016, 2017 e 2018, o reajuste não seja o previsto, para que possa ser feito um estudo adequado da possibilidade desta alteração de cálculo para a cobrança”, explicou o vereador.

André também aproveitou para parabenizar o Secretário Municipal de Agricultura, Dirceu Machado. “O serviço de recolhimento de lixo em Santo Antônio tem melhorado cada vez mais. Ainda há muito a ser feito, mas é preciso reconhecer o trabalho e o esforço do Secretário Dirceu para qualificar esse serviço em nosso Município”, destacou.

O vereador ainda sugeriu que idosos, pessoas aposentadas por invalidez e deficientes físicos com redução da capacidade de trabalho devidamente comprovada, paguem apenas 50% do valor da taxa de coleta de lixo.