"Secretaria de Saúde despreza lei e faz idoso sofrer na fila do Posto Central", diz Erô

A Secretaria Municipal da Saúde faz idosos sofrerem sem atendimento preferencial na fila de entrega de medicamentos na farmácia do Posto de Saúde Central de Santo Antônio da Patrulha. A denúncia é da vereadora Eronita Andrade (SD), que encaminhou um requerimento solicitando informações por parte da Secretaria da Saúde sobre o motivo de ter sido retirada a placa de prioridade, ficando somente como fila única.

 “Eles estão desrespeitando os nossos direitos. O atendimento preferencial também é garantido para gestantes e deficientes físicos que acabam enfrentando as grandes filas”, destaca Erô.

A parlamentar disse que tem acompanhado com muita preocupação as ações do Poder Executivo, principalmente na área da saúde, onde trabalhou por vários anos.