Câmara dará início ao curso de libras para funcionários e vereadores no final deste mês

 

Após os vereadores terem derrubado o veto do Prefeito ao Projeto de Lei que torna obrigatória a presença de Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) ou de sistema que integre e supra a função, em todas as agências bancárias, empresas prestadoras de serviços públicos e órgãos que compõem a Administração Pública no âmbito do Município de Santo Antônio da Patrulha, o Presidente Rodrigo Massulo decidiu promover um curso de libras aos funcionários e vereadores do Legislativo patrulhense. Assim, a Câmara será o primeiro órgão a se adequar à nova Lei.

O Curso será ministrado pela Professora de Libras Alini Mariot, em uma parceria inédita com a FURG/SAP, sendo totalmente gratuito aos alunos e com custo zero para a Câmara de Vereadores. As aulas serão ministradas no ambiente do legislativo, fora do horário de funcionamento do órgão, todas as quintas-feiras, começando no dia 25 de julho, às 17h30.

A novidade também foi noticiada pela mídia estadual, tendo constado em publicações no Jornal NH e Zero Hora do dia 12 de julho.