Tadeu Neves avalia período como Secretário do Desenvolvimento Social em sua volta à Câmara

O vereador Tadeu Neves (PP) está de volta à Câmara de Santo Antônio da Patrulha após dois anos à frente da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Para o futuro, ele pretende fazer bom uso do aprendizado adquirido no período à frente desta pasta que trata de questões muito complexas.

“Comandar uma Secretaria traz um entendimento muito melhor de como funciona a coisa pública. Como vereador, muitas vezes não temos noção de muitos aspectos da gestão pública que só temos como compreender quando estamos lá dentro. E quando se trata de Desenvolvimento Social, a complexidade é ainda maior, pois lidamos com pessoas. Além de todo o trabalho, ainda há um envolvimento emocional com as questões que permeiam o dia-a-dia da Secretaria”, revela Tadeu.

Segundo o vereador, muito foi feito neste tempo à frente da Secretaria, mas algumas realizações se destacaram. “O mais importante foi o direcionamento da Secretaria. Organizamos melhor o trabalho, desmembrando a parte de Procon e habitação, por exemplo, para que o foco fosse efetivamente no Desenvolvimento Social. Isso possibilitou medidas diferentes, e até mesmo mais ousadas”, relata.

A implantação dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) foi uma dessas realizações. “Digo que é uma ousadia porque poucos Municípios tem um CREAS, especialmente os de tamanho semelhante a Santo Antônio. Estes Centros atendem aos casos mais complicados da Assistência Social, aqueles complexos demais pelo CRAS. São situações onde a pessoa praticamente não tem mais esperança de sair da vulnerabilidade em que se encontra. Agora, no início deste ano, temos cerca de 250 casos assim sendo trabalhados no CREAS, o que mostra a necessidade que nossa cidade tinha deste serviço”, explica o vereador.

Por fim, Tadeu deixa um agradecimento. “Tenho que agradecer em primeiro lugar ao Prefeito Paulo Bier, por me dar a responsabilidade de comandar uma pasta tão importante e acreditar em mim para cumprir essa meta de priorizar as pessoas. Também quero agradecer aos servidores da Secretaria, que me ajudaram nessa missão de desenvolver socialmente as pessoas, e não apenas fazer assistencialismo. Por último, não posso deixar de agradecer aos meus eleitores, os quais nunca deixei de lado e sempre procurei atender, mesmo não estando na Câmara. Agora, em respeito a vontade popular que me elegeu vereador, volto à Câmara para exercer a função para a qual fui escolhido pelo povo patrulhense”, finaliza.