Nasceu em 14 de agosto de 1907 e faleceu em 1º de dezembro de 1970, foi casado com dona Maria de Souza Barth e tiveram os seguintes filhos: Nelcinda, Nelma, Nilda, Neusa Maria, Sérgio José, Nelson Felipe, Nilza e Noracy.

 

Na década de trinta, foi professor na Costa da Miraguaia e posteriormente em Miraguaia, participando ativamente da vida escolar.

 

Na sede do município manteve um escritório de contabilidade e foi agente do INPS, atendendo a todos mesmo após p termino do expediente, especialmente os mais necessitados e humildes.

 

Tinha atração pela política, razão porque, engajado no Partido Trabalhista Brasileiro, elegeu-se por três oportunidades vereador de 1956 a 1969, quando demonstrou capacidade no desempenho da função enobrecendo o cargo que ocupava.

 

Por sua personalidade e retidão de conduta no trato das reivindicações da comunidade, recebeu uma homenagem impar da Câmara de Vereadores, quando, por proposta do Vereador Léo Elon Pias, o Projeto de Resolução nº 417/74 foi aprovado por unanimidade e assinado pelo então Presidente da Câmara de Vereadores Hélio Boeira Braga em que fosse colocado no pórtico de entrada do plenário os seguintes dizeres: Plenário Euzébio Barth 18-4-1974