Vereador Gabriel Diedrich quer a implantação de Centro Materno Infantil

O vereador Gabriel Diedrich apresentou na 30ª Sessão Ordinária (30/08) a Indicação nº 181/2021, direcionada ao Governo Municipal através da Secretaria Municipal de Saúde, pedindo um estudo de viabilidade de implantação de um Centro Integrado Materno Infantil (CEMAI), no município de Santo Antônio da Patrulha. A mensagem do texto indicatório foi validada por todos os vereadores.

Diedrich justificou como sendo importante para unificar e qualificar o atendimento para gestantes e crianças. “A implantação do programa irá permitir um grande avanço no atendimento mais seguro e humanizado às gestantes e aos recém-nascidos, diminuindo o risco de contágio a outras doenças neste período tão delicado na vida das mães e seus bebês”, afirma.

A unidade de atendimento materno-infantil será integrada ao sistema municipal de saúde, com profissionais de ginecologia, obstetrícia e pediatria, que inclusive já integram a rede. “O objetivo dessa unidade é melhorar a qualidade no atendimento, centralizando serviços de ginecologia, obstetrícia, pediatria, fonoaudiologia, psicologia, nutricionista e odontologia destinadas a crianças e gestantes”, explica o vereador Gabriel Diedrich.

O parlamentar lembra que a rede municipal de saúde experimenta algo similar durante a pandemia na Unidade de Saúde da Família do Bairro Menino Deus, que concentra o atendimento às gestantes e recém-nascidos, apresentando resultados satisfatórios e prevenindo o contato de gestantes e bebês a doenças, muitas vezes contagiosas, na espera de atendimento nos postos de saúde. Ele ainda destaca que o Município dispõe de estrutura predial própria para abrigar o Centro Integrado Materno Infantil, como o prédio onde se localiza a Unidade Sentinela Covid-19.

O Centro Integrado Materno Infantil será voltado exclusivamente às gestantes e recém-nascidos e assumiria um papel fundamental no processo de gestação por disponibilizar a oportunidade de as gestantes participarem de grupos de apoios e orientações sobre diversos cuidados para a saúde da mãe e do bebê, como amamentação, prevenção da hipertensão durante a gestação, prevenção da diabetes gestacional, cuidados com o recém-nascido e orientação nutricional, em um único lugar, podendo ainda contar com uma sala para vacinações especiais, como por exemplo, de campanhas e dias D, e para vacinas infantis.

De acordo com o vereador Gabriel Diedrich, a indicação do Centro Integrado Materno Infantil é uma linha que conta com apoio de setores do Governo Federal, o que amplia as possibilidades de subsidiar os gastos com a implantação e manutenção por meio de verbas federais e estaduais, haja vista que dentre os indicadores de repasse do financiamento do Sistema Único de Saúde, parcela significativa está ligada ao atendimento materno-infantil.