Canário sugere a criação do “Cartão do Produtor Rural” com intuito de levar mais segurança ao campo

O "Cartão do Produtor Rural", que visa oferecer mais segurança na área rural, foi sugerido pelo vereador Sérgio Airoldi (Canário), na 32ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira, dia 13. Nele constará o nome do produtor, além do código da área em que este mora, que é exclusivo para cada imóvel. Segundo o vereador, isso proporcionará mais agilidade, proximidade e segurança ao atendimento de emergências.

A cidade de Santo Antônio tem cerca de 2.800 propriedades rurais e cada uma delas poderá adquirir o cartão. Canário ressaltou que o serviço tem como intuito facilitar o acionamento de autoridades por parte do produtor, através do uso de coordenadas geográficas em que ele se encontra.

“Basta o produtor procurar a autoridade e passar o código do cartão, seja bombeiros, Polícia Militar, Civil, ou questão de atendimento de saúde. A propriedade é georreferenciada e será localizada imediatamente. A Zona Rural é muito extensa, tem muitas vicinais, às vezes de difícil acesso, então com essa questão do cartão do produtor e com as localizações nós vamos facilitar demais o trabalho dos órgãos”, destacou Canário.

Além de ser uma importante referência durante o atendimento de ocorrências, o Cartão do Produtor Rural vai auxiliar no aprimoramento das políticas públicas para esse setor.