André Selistre tem Projeto Cidade Monitorada aprovado na Câmara de Vereadores

Visando ampliar as ações de segurança pública, o vereador Progressista André Selistre apostou novamente no Projeto de Lei nª 202/21- Cidade Monitorada, que foi aprovado por unanimidade na 32ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores, na segunda-feira, dia 13 de setembro de 2021. O projeto seguirá para a nova administração onde, o prefeito Rodrigo Massulo, irá apreciar e possivelmente sancionar a Lei.

Com o crescimento de Santo Antônio da Patrulha surgem novas necessidades. O aumento da insegurança pública, tem estimulado a população a buscar novos e seguros meios de proteção, sem a necessidade do uso de armas. Antes, de uso restrito às residências e aos estabelecimentos empresariais, o videomonitoramento está ganhando também as ruas, como um reforço cada vez mais importante da segurança pública.

O Projeto Cidade Monitorada é uma iniciativa que tem como objetivo alcançar o máximo de câmeras possíveis instaladas em Santo Antônio da Patrulha nos próximos anos, visando inibir a violência, auxiliar na investigação e elucidação de crimes e delitos, aumentando assim a segurança e a tranquilidade no município. A diferença em relação ao que já existe, o cercamento eletrônico na cidade, é que em vez de um morador adquirir equipamento para monitorar apenas sua casa, vários vizinhos se unem para investir no zelo da rua ou do bairro como um todo, em frente a empresas e residências sem a necessidade de gastos Público, sendo mantido integralmente pela participação consciente e colaborativa da comunidade. Nem mesmo a preocupação com a possível perda da privacidade tem feito a população deixar de aplaudir e estimular o uso de câmeras em todos os locais possíveis.

Essa aproximação com a população, para que ela seja parceira nas ações de prevenção, vêm sendo buscadas há alguns anos.  “Os moradores se sentem mais seguros ao transitar pelas ruas e comércios sabendo que estão sendo monitorados por câmeras móveis que foram instaladas em áreas comerciais e nos principais pontos de ocorrência de problemas”, lembra André.

A principal vantagem do projeto é a viabilização do mesmo sem a necessidade de Gasto Público, sendo mantido integralmente pela participação consciente e colaborativa da comunidade.

Há câmeras instaladas em mais de treze pontos na cidade de Santo Antônio. Os dispositivos já auxiliaram a polícia a identificar diversas situações e contribuem para que inclusive visitantes se sintam mais seguros.