Bacana convoca reunião, em caráter de urgência, para esclarecimentos sobre atendimento na Saúde em Santo Antônio

Uma reunião para discutir as denúncias sobre os atendimentos que deixaram de existir a pacientes que procuram o Hospital Municipal e o Posto de Saúde Central no município, foi convocada pela Câmara Municipal de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha.

Na tarde desta segunda-feira, dia 18, durante a 37ª Reunião Ordinária, o vereador e presidente João Luis Moreira (Bacana), diante dos fatos relatados na tribuna pelos seus colegas vereadores, solicitou, em caráter de urgência, uma reunião já confirmada para a próxima segunda-feira, dia 25 de outubro, durante o encontro da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), realizada às 14 horas, no Plenário Euzébio Barth. Foram convidados a comparecer nesta reunião o prefeito Municipal Rodrigo Massulo, o secretário Municipal da Saúde Antônio Fernando Selistre, vereadores e a coordenadora Técnica Rubia Wingert, do Hospital Municipal gerido pela Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, para orientar e prestar esclarecimentos sobre as reclamações da população quanto ao atendimento da Rede Municipal de Saúde e diversas outras situações ocorridas de algumas semanas para cá. O mais preocupante, conforme os edis, é a não priorização do atendimento a crianças devido à falta de médicos pediatras.  


O presidente da Casa Legislativa entende que o momento é difícil, mas é preciso que fique bem claro que a situação preocupa e envolve vidas. "Queremos contribuir. A saúde é uma questão de direito, está na Constituição. Escutamos diariamente reclamações da comunidade, insatisfeita com o tratamento que recebe”, diz Bacana.