Atraso no pagamento dos funcionários do Hospital repercute na imprensa estadual

Dois jornais de repercussão estadual deram destaque esta semana à situação de do não pagamento salarial dos funcionários do Hospital de Santo Antônio da Patrulha. Mesmo com a quitação dos dois meses em atraso nesta terça-feira (21), as publicações levantaram as denúncias de falta de medicamento, materiais de trabalho e limpeza, além do débito do 13º salário.

Sobre esta questão o vereador João Luís Moreira da Silva “Bacana” (SD), entrevistado pela repórter do Correio do Povo, disse da tribuna da Câmara, durante a 21ª reunião ordinária, lamentar pelo destaque negativo que o município vem tendo devido à má administração. Ele ainda lembrou o pedido, efetuado em conjunto com a Mesa Diretora da Câmara, em que solicita ao Prefeito Municipal um balanço financeiro de todos os gastos e investimentos feitos desde que a Germann e Pechmann assumiu o Hospital, em maio de 2015.

“Hoje (20), restam 15 dias para o Prefeito remeter a esta Casa Legislativa as informações exigidas, só assim teremos condições de analisar os motivos reais para os atrasos, não só dos salários, quanto do bloco cirúrgico, o não pagamento a fornecedores, do 13º e outras questões que ainda se mantêm obscuras”, afirmou ele, questionando mais uma vez onde têm sido empregados todos os repasses feitos até o momento.

O vereador, assim como o presidente da Casa, André Randazzo dos Reis (PMDB), que também aguardam pelas informações da Prefeitura, afirmaram que vão manter a posição de fiscalizadores, e que fatos como ocorridos em outras gestões, em que recursos foram desviados pelos administradores e a conta teve que ser paga pela Prefeitura, ou melhor, “pelo contribuinte”, não se repetirão. 

Notícias