Vereadores aprovam abertura de CPI para apurar irregularidades em gestões do Hospital

Após a realização de duas audiências com integrantes da Procuradoria Geral do Município, nos dias 04 e 11 de julho, os vereadores aprovaram por unanimidade, durante a reunião ordinária da última segunda-feira, 18, a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), tendo como foco a apuração dos Contratos Administrativos firmados entre o município de Santo Antônio da Patrulha e Gestores do Hospital Santo Antônio. O período a ser investigado compreende os anos de 1997 até os dias atuais.

A abertura da CPI foi proposta pelo vereador Paulo Teles Gonha (PTB), após os relatos do servidor concursado da PGM, o advogado Luciano Amorim, apontando indícios de um rombo de milhões de reais provocados neste período e que provavelmente deverão ser cobrados dos cofres públicos.

Além de apurar a malversação de recursos destinados ao hospital Municipal, a CPI investigará suspeitas de descumprimentos judiciais, irregularidades como dívidas trabalhistas, sociais, previdenciárias e com fornecedores, vítimas de indenizações por erro médico, como por exemplo, o caso de crianças que acabaram em estado vegetativo, assim como a prestação de serviços hospitalares de baixo nível. O prazo de apuração dos fatos deverá ocorrer em até 90 dias.