CPI da saúde escuta depoimento da Procuradora do Município

Chegando a sua terceira semana de trabalhos, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores, que investiga possíveis irregularidades nas gestões do hospital nos últimos 18 anos, teve como ponto alto o depoimento da Procuradora do município, Ângela Machado.

Durante duas horas, ela respondeu a diferentes questionamentos dos vereadores, como ações trabalhistas, procedimentos que foram adotados para ressarcir os cofres públicos de possíveis desvios, contratos e outros termos jurídicos.

Para o presidente da CPI, vereador da bancada do PTB, o depoimento da Procuradora foi muito esclarecedor, no entanto, a Comissão ainda aguarda o encaminhamento de toda a documentação requerida à Prefeitura. Ele afirma que ainda há muito trabalho pela frente pelo tempo que está sendo avaliado.

O próximo passo é o depoimento do assessor jurídico da PGM, Luciano Amorim, que está sendo notificado. De acordo com o presidente da Comissão as informações obtidas até o momento já dão um norte a linha de investigação e as iniciativas necessárias a serem tomadas.