Criação de cadastro municipal de doadores é Projeto de Lei

O vereador Rodrigo Massulo, líder  da  Bancada  do  PP  na  Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, protocolou na segunda-feira, 06 de fevereiro, o Projeto de Lei nº 27/2017 que autoriza a criação do cadastro municipal de doadores de sangue e medula óssea junto a Secretaria Municipal de Saúde.

O Projeto inclui, entre outras provisões, que deverão ser identificados os doadores voluntários, relacionando-os e informando o tipo sanguíneo, endereço, o número de telefone para contato, e-mail ou outro meio de comunicação ou correspondência, mantendo-os atualizados. Além disso, os poderes públicos constituídos deverão manter a promoção de campanhas periódicas de conscientização da população sobre a importância da doação de sangue e medula óssea.

O cadastro de Doadores Voluntários de Sangue e de Medula óssea deverá estar disponível no site da Prefeitura e divulgado em toda a rede de atendimento a saúde, com amplo acesso para quem necessitar. Para a doação de medula óssea, o voluntário deverá comparecer ao local indicado pela Secretaria Municipal de Saúde, onde colherá uma amostra de sangue para ser verificada a sua compatibilidade.

Massulo salienta ainda que “a grande importância do projeto é que ele pode salvar vidas e, além disso, não causará impacto financeiro para o município”. Esta ideia surgiu da professora Bárbara Barcelos, por meio de um canal de comunicação com a comunidade, aberto pelo vereador, através de e-mail e redes sociais, possibilitando que o povo opine e sugira projetos de interesse público.

Notícias