Comandante da Brigada Militar do Litoral Norte reúne-se com vereadores para discutir sobre segurança pública no município

 

Os vereadores de Santo Antônio da Patrulha continuam preocupados com a insegurança que assola o município. Na tarde desta segunda-feira, 28, alguns vereadores receberam o Comandante da Brigada Militar no Litoral Norte, Coronel Ricardo Fraga Cardoso, e o comandante da 2ª Cia/8º BPM, Capitão Leonardo da Rosa de Souza (que está substituindo o capitão Delamar Flebbe em SAP), no Plenarinho da Câmara, para falar sobre o assunto.

A reunião se deu a pedido do Vereador Presidente, André Selistre, e do Procurador Jurídico da Casa, Antônio Selistre, já que o Comandante estava na cidade. Na ocasião os militares e os edis discutiram sobre segurança pública no estado e principalmente no litoral norte, aonde a onda de criminalidade vem aumentando significativamente.

A principal intenção da câmara e da polícia de Santo Antônio da Patrulha é de que ao menos um dos 60 policiais que estão fazendo estágio na Escola de Formação de Osório seja realocado para o município após a formação, em fevereiro de 2018.

O Coronel Cardoso, demonstrou preocupação com o alto índice de roubo em residências e diz que está ciente do grande crescimento desses crimes na cidade. Ele pediu para que as forças políticas se unam para pressionar o governo do estado, pois é a Secretaria de Segurança Pública do Estado que distribui esses policiais. Além disso, nenhum dos primeiros 1.200 policiais formados na primeira turma foi destinado para Santo Antônio da Patrulha.

 

Estavam presentes na reunião os vereadores Marcelo Gaúcho, Manoel Adam, Charlis Santos, Dirceu Machado, Rodrigo Massulo, Jorge Elóy, Eronita Andrade, João Luis Bacana e Samuel Souza.