Vereador Alex Amaral pede providências urgentes para as estradas do município dentre outros requerimentos

 

Em sua primeira sessão como vereador de Santo Antônio, Alex Amaral protocolou vários documentos no Legislativo. A reunião da última segunda, 06 de novembro, demonstrou que o edil trabalhará fortemente pelo município durante os 30 dias em que ocupará uma das 13 cadeiras do legislativo.


Alex fez cinco pedidos voltados para melhorias em algumas vias do interior da cidade, como patrolamento e ensaibramento nas estradas de Barrocadas, Tapumes, Lombas, Morro Grande, Rincão do Capim, Esquina dos Morros e Chicolomã. Na mesma linha o vereador fez uma Indicação para sugerir o levantamento (elevação) do leito da estrada de Chicolomã, passando pela ponte da localidade, com a colocação de material, bem como de canos e bueiros para que haja vasão da água no curso das cheias, como medida preventiva no caso de enchentes. “Todas estas medidas visam atender reivindicações dos moradores das regiões e adjacências”, salienta Amaral.


Quatro requerimentos também foram protocolados pelo vereador na 40ª Sessão Ordinária. O primeiro deles solicita policiamento ostensivo, bem como a intensificação de rondas nas localidades situadas no 6º Distrito do município, devido ao alto índice de abigeato na região e o aumento das ocorrências de roubos em propriedades rurais, o que vem aterrorizando os moradores da localidade. Outro pedido requer ao Diretor Geral do DAER, Rogério Brasil Uberti, que seja procedida à estadualização do trecho da ERS – 474 a ERS – 040, estrada que passa pela localidade de Morro Grande e Barrocadas, objetivando incentivar a produção de arroz e pecuária da região.


Além destes, o vereador também solicitou que seja providenciada a instalação de uma antena de recepção de sinal de telefone móvel da Vivo no 6º Distrito, tendo em vista o difícil acesso de sinal de telefone para os moradores do local e a correção nas faturas mensais da CEEE dos clientes de Lombas, pois as mesmas estão saindo como cidade de Viamão, o que acaba prejudicando os residentes.