Vereadores recebem denúncia de sujeira em postos de saúde do município

 

Mais uma vez os vereadores da Câmara de Santo Antônio da Patrulha foram procurados por moradores para tentar resolver questões relacionadas aos Postos de Saúde da cidade. Desta vez a denúncia é de acúmulo de sujeira dentro das dependências dos postos e das ESF’s (Estratégias de Saúde da Família) da cidade.


Além da sujeira na parte interna dos locais, o mato e o lixo que se encontram no pátio dos postos também preocupa os moradores. Foi relatado por uma paciente do Posto de Saúde do Bairro Cohab (ESF), residente no Bairro Bom Princípio, que uma cobra estava dentro do pátio do posto, o que além de anti-higiênico oferece risco à população.


Em novembro, os vereadores Rodrigo Massulo e Marcelo Gaúcho já haviam protocolado pedido de informações (646/2017) a respeito deste assunto, onde solicitavam dados sobre a demora do processo licitatório de contratação de empresa especializada para realizar a limpeza dos postos de saúde.
A prefeitura respondeu dizendo que a referida licitação foi lançada na forma de Pregão Eletrônico, mas teve que ser suspensa para análise de questionamentos interpostos ao edital e planilhas. Posteriormente ela foi remarcada novamente e mais uma vez suspensa por novos questionamentos. Após isso o Pregão foi cancelado, tendo em vista impugnações ao edital. Atualmente encontra-se tramitando dentro do Poder Executivo nova elaboração de edital para abertura de Pregão Eletrônico, porém ainda sem data para realização.


Os vereadores das bancadas do PP, PTB, PSB e SD, questionam o porquê da demora neste processo licitatório e onde está a agilidade do Poder Executivo em resolver algumas questões de maneira rápida de uma forma que não dependa da burocracia destes processos. A Prefeitura tem um vasto número de funcionários concursados em serviços gerais que poderiam resolver o problema da sujeira nos Postos de Saúde, mas muitos se encontram atualmente em desvios de função, o que deve ser revisto pela administração.


Um ambiente como um posto de saúde, que trata do bem estar das pessoas deve estar sempre limpo e higienizado, “por isso é tão importante a presença de funcionários específicos para esta função”, salienta os vereadores.


A câmara, em 2018, continuará atenta no atendimento desta demanda.