O transporte coletivo municipal é o único meio de locomoção para a grande maioria dos moradores de Santo Antônio da Patrulha. Por conta disso, os vereadores Eronita Andrade e João Luís Bacana protocolaram na última reunião ordinária do legislativo, ocorrida no dia 23 de outubro, segunda-feira, um Pedido de Informações dirigido ao Prefeito Municipal, Daiçon Maciel, no sentido de solicitar informações acerca deste transporte.


Os vereadores pedem através do documento nº 566/2017, que seja remetido a Casa Legislativa, no prazo legal de 30 dias, informações sobre qual a previsão para abertura de processo licitatório para o transporte público municipal, tendo em vista as inúmeras reclamações dos usuários diante da precariedade dos veículos. Na mesma linha, solicitam-se dados no que refere à fiscalização no transporte público, principalmente no que tange ao estudo de conservação da frota de veículos da empresa SUDESTE Transporte Coletivos LTDA; vindo atender reivindicações da comunidade patrulhense, tanto da Sede, como do interior do Município.


A vereadora Eronita salientou na tribuna que é inadmissível que os ônibus venham sucateados de Porto Alegre para o interior do estado. “Quando a capital não quer mais usar os veículos, as empresas do interior os compram para fazer uso, isso não deveria acontecer, pois também merecemos fazer uso de transporte de qualidade com veículos novos e bem conservados”, concluiu.

 

O vereador Jair Belloli, fazendo uso de suas atribuições legais e regimentais, competentes a sua função, apresentou Pedido de Informações ao Prefeito Municipal, Daiçon Maciel da Silva, protocolado na última sessão ordinária do Legislativo, dia 16 de outubro, segunda-feira.


O documento de número 536/2017 pede que seja remetida a Casa Legislativa, informações acerca dos incentivos dados às empresas de grande, médio e pequeno porte que se instalaram no antigo prédio da AGASA, na localidade de Ilha da AGASA, interior de Santo Antônio da Patrulha. Na mesma linha, solicitam-se dados para saber se todas as empresas hoje instaladas no local pagam aluguel ou não, e quais os critérios utilizados para a adoção da concessão de uso do prédio.


Tais informações servirão de subsídios para melhor prover de conhecimento a comunidade patrulhense, afirma o vereador.

 

Durante a 36ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, ocorrida no dia 09 de outubro, o vereador Jorge Eloy de Oliveira encaminhou diversas reivindicações ao prefeito, visando atender as demandas da comunidade por melhorias tanto na sede como no interior do Município.


Jorginho solicitou à Secretaria Municipal das Obras, Trânsito e Segurança que seja executado um projeto de revitalização da Avenida Marechal Floriano Peixoto, trecho compreendido entre a Delegacia de Polícia Civil até o Hospital Santo Antônio. “Devido a grande movimentação nessa avenida, principalmente no que se refere ao deslocamento de ambulâncias com pacientes se faz necessário, o recapeamento asfáltico desse trecho, com a maior urgência possível” comenta o vereador. Ele ainda pediu que seja providenciada a repintura, em branco e amarelo, dos cordões (meios-fios) dessa avenida.


O edil requereu também que o Departamento Municipal de Trânsito promova o alinhamento periódico dos gelos baianos situados ao longo da Rodovia ERS-030 e nas rótulas existentes, entre a Praça das Bandeiras até a rótula em frente à Cardoso Marques. No mesmo pedido, o vereador solicitou a remoção de terra e mato que crescem entre os gelos baianos, bem como seja realizado a repintura dos mesmos.


Na mesma linha, também foi pedido a pintura das faixas de segurança existentes nas principais avenidas e ruas do município, inclusive ao longo da Rodovia ERS-030. “Os atendimentos destas reivindicações da comunidade visam propiciar maior visibilidade aos motoristas e garantir mais segurança aos usuários destas faixas de segurança, pois atualmente a pintura encontra-se muito fraca ou inexistente em alguns trechos”, diz Jorginho.


Segundo o vereador, a Rua José Juvenal Soares, mais conhecida como “Rua do Sapo”, está intrafegável e também entrou na pauta dos pedidos encaminhados à prefeitura. Jorge solicitou o recapeamento asfáltico desta artéria tendo em vista a existência de enormes crateras, o que dificulta o trânsito. “O objetivo é dar melhores condições de trafegabilidade e assim evitar principalmente danos materiais aos moradores e motoristas que se utilizam da Rua José Juvenal Soares”, lembrou Jorginho.


Por fim, o vereador encaminhou solicitações de recuperação com ensaibramento e patrolamento das Estradas das localidades de Campestre e Pinheirinhos, bem como a colocação de tampa em bueiro que se encontra quebrada podendo ocasionar algum acidente no Bairro Vila Rica, além da revisão geral com substituições de lâmpadas queimadas ao longo da Passarela da Amizade.

Leia aqui o resumo da Ordem do Dia e do Expediente da 37ª Reunião Ordinária da Câmara, realizada no dia 16 de outubro de 2017.

Acompanhe também o áudio da Sessão clicando no ícone Câmara em áudio - No Ar

 

Seguindo as atribuições legais que regem a função da vereança, o vereador Marcelo Gaúcho protocolou, na última sessão ordinária da Câmara de Santo Antônio da Patrulha um Pedido de Informações, destinado ao Prefeito, Daiçon Maciel. O documento nº 519/2017, datado de 09 de outubro deste ano, solicita dados a respeito do prédio do Centro de Geração e Renda, que está completamente abandonado e em desuso.


Marcelo requer, através deste pedido, que seja remetida a Casa Legislativa, no prazo legal de 30 dias, informações sobre qual a intenção da Administração Municipal para a casa, onde deveria funcionar o Centro de Geração de Renda, que atualmente se encontra inutilizada pela Prefeitura. O imóvel se localiza na Rua Eridisson Massulo Menezes, no Bairro Jardim Pindorama, nos fundos do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Calçados e Vestimentas do município.


Além disso, a casa encontra-se em situação ociosa e poderia estar sendo utilizada, inclusive para Escolas de Educação Infantil ou até mesmo para diminuir os gastos do Poder Executivo com aluguéis.


O Centro de Geração de Renda foi inaugurado em 30 de agosto de 2012 pelo Prefeito Daiçon Maciel da Silva, em seu mandato anterior, e funcionava juntamente com o Centro de Convivência e Terceira Idade.