O vereador Samuel Souza (PTB), o Samuka, será o novo secretário Municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Santo Antônio (SEMAM). Ele ocupará o cargo ocupado até então por Cássius Peixoto, que sai de férias. A posse ocorrerá na próxima sexta-feira, dia 01. Conforme ele irá assumir este novo desafio atendendo ao convite do prefeito Rodrigo Massulo, que aposta em dar continuidade às ações da secretaria.  

Samuka disse que irá buscar junto com o prefeito, recursos para desenvolver ações e programas na agricultura municipal. “Todas as secretarias são importantes e uma completa a outra, mas a agricultura para Santo Antônio da Patrulha é indispensável e não podemos jamais esquecer isso”.

Na Câmara de Vereadores o suplente, Solismar da Silveira Ferreira (PTB), assumirá a vaga de Samuka. O vereador, em fevereiro de 2022, já havia assumido por 30 dias, e agora retorna a Casa Legislativa.  

Para finalizar, Samuka comentou sobre sua expectativa na nova função. “É um desafio porque é uma secretaria muito importante dentro da estrutura administrativa, dentro do município de Santo Antônio, e espero conseguir alcançar os objetivos determinados pelo prefeito”. 

A falta de uma tela de proteção na quadra de futebol na Praça Getúlio Vargas, conhecida também como a praça da Valbaru, tem preocupado o vereador Gabriel Diedrich (MDB). Para resolver o problema, um Requerimento nº 213/2022, de sua autoria, foi encaminhado ao Poder Executivo solicitando que seja estudada a possibilidade da colocação de um alambrado (rede ou tela) em torno do campo de futebol, onde crianças atravessam a rua em direção à bola do jogo ficando expostas ao perigo. O cercamento também evitaria que a bola do jogo atinja pais, crianças e idosos.

O objetivo do requerimento, segundo o vereador, é oferecer melhores condições de uso e de segurança aos munícipes que utilizam desse espaço para prática de esportes e lazer.

Investir no esporte é importante para saúde tanto física como mental para uma sociedade hoje que demanda muito por prática esportiva. E essa parceria tornaria o sucesso desta indicação mais próxima. A indicação tem como intuito sugestivo e que deverá ser avaliado também pela secretaria Municipal da Cultura, Turismo e Esportes.

O grande número de ocorrências ligadas ao crime de abigeato e os poucos casos solucionados foram os principais motivos que levaram o vereador proponente Samuel Souza (PTB) e o presidente da Câmara de Vereadores André Selistre (PP), a protocolarem o Requerimento nº 219/2022, solicitando, ao prefeito Municipal Rodrigo Massulo, uma reunião urgente com a Brigada Militar, Polícia Civil e moradores das regiões atingidas.

Conforme explicou André, a intenção é debater sobre a problemática e obter esclarecimentos referente às possíveis ações que poderão ser desenvolvidas juntamente com a Polícia Civil e Brigada Militar. Os vereadores almejam que o Sindicato Rural e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Antônio da Patrulha também participem destas ações.

O abigeato, além de causar grandes prejuízos aos produtores, também coloca em risco quem consome esse tipo de carne. A crueldade com que os animais são abatidos nas propriedades também é outro ponto que reforça a necessidade de debater o assunto e encontrar maneiras de combater de forma mais severa esse crime que tem acometido o município de Santo Antônio, a região do Litoral e o Estado.

O requerimento foi aprovado por unanimidade, na 8ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores. O encontro deve ocorrer na próxima sexta-feira, dia 01 de abril, às 14 horas, no gabinete do prefeito Municipal.

Samuka destacou a importância da mobilização para buscarem medidas de prevenção e combate ao abigeato, que vem aterrorizando o campo. Ainda lembra que é importante o produtor prevenir e acima de tudo levar ao conhecimento das autoridades policiais as ocorrências, e não omitir a informação de fatos acontecidos em suas propriedades.

O presidente da Câmara de Vereadores, André Selistre, destacou que o maior número de roubos de gado, e também de cargas, é registrado em locais com dificuldade de comunicação, especialmente telefonia e internet. Uma alternativa para tentar monitorar a área rural seria a instalação de câmeras nos pontos de acesso aos bairros interioranos. Isso, em última instância, possibilitaria que a polícia identificasse quem trafegou naquele trecho no horário ou dia do furto.

Na quarta-feira, dia 30, o presidente da Casa Legislativa André Selistre, juntamente com os vereadores Diego Portal, Ezequiel Peixoto, Sérgio Airoldi e Valtair Andrade, recebeu a visita do presidente da OAB - subseção de Santo Antônio da Patrulha, Júlio César Sant’Anna, representando o Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos (SINTECT RS) Evandro Leonir da Silva, os funcionários dos Correios de Santo Antônio Célia Rosane Carvalho e Mário Castro, e o representante do movimento sindical dos trabalhadores dos Correios RS, Carlos Alberto Duarte.

Uma medida que está sendo estudada pelos Correios poderá interferir diretamente no município de Santo Antônio da Patrulha. Um assunto que desde o ano de 2019 vem sendo monitorado pela Câmara de Vereadores, e novamente o Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos (SINTECT RS) fez um alerta de que a empresa quer transferir os trabalhadores que hoje estão atuando no município para a cidade de Osório.

A possível distribuição dos carteiros ficaria à disposição do gerente de Osório, para ele deslocar os profissionais para onde for a prioridade da unidade. Assim, a população poderá ser prejudicada, deixando de ter todos os dias carteiros atendendo Santo Antônio.

Evandro explica que a possível mudança também poderá acarretar em mais sobrecarga para os trabalhadores, pois eles teriam que ir todos os dias a Osório, buscar a carga para entregar em Santo Antônio. Com isso terão o aumento de vales transportes, aumento do percurso ida e volta de 14mil km/mês, 40% a mais nas despesas de carros e manutenções. Os trabalhadores teriam mais tempo de deslocamento e menos tempo de entrega. Em Santo Antônio da Patrulha trabalham 13 carteiros que teriam suas cargas horárias totalmente alteradas, sem contar a diminuição na qualidade de vida destes funcionários.

Isso acarretará um prejuízo enorme para a população, no sentido de que, no momento que a Unidade de Distribuição (UD) deixar de ser localizada em Santo Antônio e passar a ser em Osório, aqui deixará de ser prioridade e passará a ser um gargalo de quando sobrar tempo. Hoje a preferência seriam as cidades de Osório, Tramandaí e Capão da Canoa, onde os Correios dariam a preferência de entrega devido ao volume maior de cartas e encomendas.

Evandro e Carlos Alberto pediram aos vereadores que ajudassem a garantir a permanência da Unidade de Distribuição em Santo Antônio. Os vereadores imediatamente fizeram seus contatos com Deputados Estaduais, Federais e Senadores de diversas bancadas e manterão alerta para que a questão tenha o melhor desfecho possível.

O presidente André Selistre, em acordo com seus pares, pretende elaborar um ofício por intermédio da Câmara de Vereadores, nos próximos dias, e convocar um parecer do Superintendente Estadual dos Correios, Victor Vanir da Silveira.

No documento deverão ser apontados vários argumentos para tentar impedir novamente o fechamento, como o fato de ser um dos municípios maiores entre os que os rodeiam e que o encerramento dos trabalhos da agência de distribuição vai prejudicar moradores do interior, trabalhadores e toda a população que utiliza os serviços dos Correios em Santo Antônio e Caraá.

Santo Antônio da Patrulha é um dos quatro primeiros Municípios do Rio Grande do Sul, junto com Rio Grande, Rio Pardo e Porto Alegre. Com colonização basicamente de origem açoriana, com o decorrer do tempo, passou a ser ocupado também por italianos, alemães e poloneses.

Em 2022, comemoramos 211 anos de Instalação da Câmara de Vereadores no município, no próximo dia 3 de abril. Foi em 1811 que a população da época elegeu seus primeiros vereadores. Sua existência é ainda mais antiga, 31 de agosto de 1760, foi inaugurada a Capela Curada de Santo Antônio da Guarda Velha de Viamão e, a partir desse momento, o povoado foi se organizando e estabelecendo uma vida administrativa e social.

Desde então Santo Antônio da Patrulha sempre se mostrou um município pujante, deixando exemplos para várias cidades que dele se originaram. Sabemos da rica e inestimável história desde a instalação de Santo Antônio da Patrulha até os dias de hoje, que em seus 261 anos de existência, vem lastreando na contribuição e melhoria para toda região e até internacionalmente, através de suas indústrias metal mecânica, seus produtos alimentícios, sua cultura e culinária, enfim, com todo seu potencial, industrial, agrícola, pecuário, turístico, agricultura familiar e o legado de sua população, nos orgulhando com seu trabalho diário, construindo o desenvolvimento da cidade.

Os vereadores vem cumprindo com a missão que lhes foi concedida pela população, contribuindo com o desenvolvimento do município, na busca de novos projetos e desafios para fazer ainda mais e melhor, não desistindo e desejando que as conquistas da comunidade sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós que fazemos o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho de Santo Antônio da Patrulha.

Seguimos juntos dispostos a servir ao lado daqueles que acalentam sonhos e desejam construir, com muita determinação, um futuro ainda melhor para nós e para as gerações de nossos filhos patrulhenses.

A divisão dos Poderes só aconteceu com o fim do Império e a proclamação da República em 1889, quando surgiu a figura do Intendente para administrar o município, o que predominou até o governo de Getúlio Vargas, mudando a denominação para prefeito municipal.

Atualmente, a Câmara é formada por 13 vereadores e possui uma mesa diretora, onde três vereadores ocupam as posições: presidente André Selistre (Progressista), vice-presidente Samuel Souza (PTB) e secretário Diego Portal (PDT).

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, André Selistre, convida, conforme Ofício nº 106/2022, a Ilma Sra. Vera Lúcia Maciel Barroso para realizar uma explanação alusiva a data de instalação da Câmara, integrando a Sessão Solene em homenagem à mulher patrulhense, concedendo as Ilmas senhoras Denise Moro, Iolanda Maria Britto Rosa, Lizete Teresinha Barcellos Tedesco e Lucy da Silva Ribeiro, a insígnia Mulher Patrulhense Destaque, com fulcro na Lei nº 6.720/2013, que realizar-se-á no dia 04 de abril de 2022, às 19 horas, nas dependências do Plenário Euzébio Barth.

Parabéns Comunidade patrulhense, que, com galhardia enaltece a cidade!