As melhorias nas instalações da Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha estão servindo de inspiração para outras Casas Legislativas. Na tarde da última sexta feira, 21, uma comitiva da Câmara de Glorinha veio visitar o Legislativo Patrulhense para buscar exemplos de avanços nos equipamentos que refletem no serviço prestado ao cidadão.


Os vereadores de Glorinha, Presidente Flávio Soares e Everaldo Raupp, juntamente com a Diretora Simone Fries, foram recepcionados pelo Presidente do Legislativo patrulhense, André Selistre e pela equipe técnica da Câmara. Primeiramente, conheceram as instalações do Plenário Euzébio Barth, com foco no equipamento de áudio, som e luz, motivo principal da visita. A intenção da Câmara vizinha é aplicar aparelhamento de qualidade seguindo o desenvolvimento tecnológico e estrutural para a melhoria nos serviços entregues aos munícipes.


Durante o encontro, observaram as demais salas e disposições em que se organizam o Legislativo Patrulhense e trocaram ideias e experiências com a equipe, para que também sejam feitas evoluções na Câmara de Santo Antônio da Patrulha.

 

Os vereadores Marcelo Gaúcho, Rodrigo Massulo, Samuel Souza, Jorge Elóy, Valtair Andrade e Manoel Adam juntaram-se aos demais, no Gabinete da Presidência para conversar sobre as duas cidades e os rumos que devem seguir o vereador para colaborar com o desenvolvimento de sua cidade.

Leia aqui o resumo da Ordem do Dia e do Expediente da 24ª Reunião Ordinária da Câmara, realizada no dia 17 de julho de 2017.

Acompanhe tambem o áudio da Sessão clicando no ícone Câmara em áudio - No Ar

 

Os vereadores Marcelo Gaúcho, Samuel Souza e Jorge Elóy de Oliveira, preocupados com a valorização de um cargo de extrema importância para o funcionamento da prefeitura, fizeram uma indicação, ao prefeito, no sentido de sugerir uma mudança no padrão do cargo de motorista. O documento nº 047/2017 foi protocolado na última sessão ordinária da Câmara de Vereadores, a 24ª, no dia 17 de julho.


A sugestão indica um estudo de viabilidade para alteração do padrão do cargo de provimento efetivo dos detentores do cargo de Motoristas da municipalidade, valorizando assim uma categoria que é indispensável para o bom andamento das atividades do ente público.


Tal medida justifica-se tendo em vista as inúmeras atribuições desta categoria. Tais como: dirigir veículos automotores, de acordo com as normas de trânsito e as instruções recebidas e zelar pelo funcionamento, abastecimento, limpeza e conservação dos veículos, inspecionar o veículo, antes da saída, verificando o estado dos pneus, os níveis de combustíveis, água, testando freios, parte elétrica e outros mecanismos, para certificar-se de suas condições de funcionamento, tomar providências para sanar as irregularidades detectadas. Além disso, devem dirigir corretamente caminhões, ônibus e peruas de transportes de estudantes e demais veículos pertencentes à frota municipal, obedecendo ao Código Nacional de Trânsito, recolhendo e transportando pessoas, cargas, materiais e equipamentos em locais e horas determinadas, conduzindo-os segurança conforme itinerários estabelecidos e comunicar a quem de direito qualquer defeito porventura existente, não transitando com o mesmo até que se realize o conserto para prevenir acidentes ou transtornos quando em trânsito.


Outras pertinências do cargo incluem fazer reparos de emergência, quando possível, e troca de pneus, para que possam movimentar o veículo até que seja providenciado o reparo; promover o abastecimento de água, combustível e óleo do veículo e a sua lubrificação, quando indicada, para mantê-lo em condições de uso; zelar pela manutenção do veículo, comunicando falhas, se houver, bem como solicitar reparos e providenciar a limpeza do mesmo; efetuar anotações de viagens realizadas, quilometragem rodada, itinerários e outras ocorrências, seguindo as normas estabelecidas pelas autoridades competentes e recolher o veículo após o serviço, deixando-o estacionado e fechado corretamente, para possibilitar sua manutenção e abastecimento, entre outras tantas.


Marcelo acrescenta que a valorização do servidor estimula o mesmo a realizar seu trabalho com ainda mais zelo e entusiasmo. Alguns motoristas participaram da última sessão ordinária, apoiando a iniciativa dos vereadores. A indicação foi referendada pelos demais vereadores durante a reunião.

 

Após encaminhar ao Prefeito o Requerimento nº 291/2017, solicitando que, através da Secretaria Municipal da Saúde de Santo Antônio da Patrulha, seja permitido que os moradores das localidades de Portão I, Boa Vista e Lomba Vermelha possam buscar atendimento médico, junto ao Posto de Saúde da localidade da AGASA, o vereador Valtair Andrade marcou uma reunião com moradores da localidade de Portão I.


O encontro foi promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR), em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Antônio da Patrulha e pelo vereador, e ocorreu na noite desta terça feira, 18, no Salão Paroquial da comunidade de Portão I. Os vereadores Rodrigo Massulo e Charlis Santos também estavam presentes.


Os participantes da reunião, fazem parte de uma turma de aula, ministrada pelo SENAR, que atende mais de 3 milhões de brasileiros do meio rural, todos os anos, contribuindo para sua profissionalização, sua integração na sociedade, melhoria da sua qualidade de vida e para o pleno exercício da cidadania. Durante essas aulas, ministradas 3 vezes por semana, eles sinalizaram, dentre outras demandas, a necessidade de locomoção até o Posto Central , tendo mais perto o Posto da Agasa para atendimento à comunidade.


Atento as reivindicações da população, Valtair fez o requerimento e agendou esse encontro com a Secretária Municipal da Saúde, Magda Bartikoski, para saber da viabilidade da proposta. Magda indicou que a partir de primeiro de agosto deste ano, a comunidade poderá ser atendida no Posto da Agasa, e que as Agentes Comunitárias já estão mapeando os moradores para que o atendimento seja mais adequado e completo.


O vereador também falou sobre a Unidade Móvel de Saúde na localidade, e, segundo a Secretária, o veículo estará uma vez por mês lá. E, dependendo da demanda, poderá ir até duas vezes ao mês. “Continuaremos lutando para que as comunidades do interior tenham atendimento digno, pois elas merecem uma atenção especial do poder executivo na área da saúde”, completa Andrade.

Leia aqui o resumo da Ordem do Dia e do Expediente da 23ª Reunião Ordinária da Câmara, realizada no dia 10 de julho de 2017.

Acompanhe tambem o áudio da Sessão clicando no ícone Câmara em áudio - No Ar