Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Santo Antônio da Patrulha, na tarde da última segunda-feira (13), sob a presidência do vereador Jorge Eloy de Oliveira(PTB) , o vereador André Selistre (PSB), apresentou uma indicação requerendo ao prefeito municipal a dispor ao servidor efetivo a possibilidade de redução de jornada de trabalho semanal, com redução proporcional de vencimento, observado interesse público, na forma e condições que estabelece o anteprojeto de lei apensado a esta indicação.
“Os servidores públicos me procuraram e mostraram descontentamento em relação à jornada de oito horas. Hoje se um servidor optar por reduzir de oito para quatro horas, por exemplo, desta forma seu ganho também será reduzido e trará mais economia para o município.”.
Até março deste ano, os servidores trabalhavam no período único. Agora com o funcionamento da prefeitura em turno integral, os servidores passaram a cumprir carga de oito horas. 

Após o pedido da comunidade, os vereadores Marcelo Gaúcho (PTB) e Rodrigo Massulo (PP) visitaram o Cemitério Municipal de Santo Antônio da Patrulha, nesta segunda (13). Os cidadãos reclamaram da falta de manutenção no local.  Posteriormente, na tribuna eles encaminharam um requerimento para a Secretaria de Obras para que fossem tomadas as devidas providências.
Logo após, realizaram uma visita cortesia a EMEI Moranguinho. As escolas de educação infantil são fundamentais na formação de crianças e na difusão do conhecimento. Por isso, conhecê-las é imprescindível para que a educação possa ter sucesso na relação de ensino e aprendizagem. Com o intuito de contribuir para o aprimoramento desses espaços, os vereadores estiveram conhecendo a estrutura da EMEI Moranguinho, hoje com 170 alunos.
Acompanhados da diretora Neiva Bonamigo, os vereadores visitaram as salas de aula, conversaram com as crianças e servidores. A diretora Neiva, inclusive, apresentou reivindicações para os parlamentares na parte elétrica e infiltrações.
Os vereadores vem se deparando com uma série de problemas com relação a prestação de serviços nas áreas da saúde e limpeza, e a saúde deve ser prioridade de todo gestor.
Os vereadores, atento as necessidades que a comunidade vem enfrentando na área da saúde, estiveram no posto de Saúde do Bairro da Várzea conversando sobre o atendimento à comunidade, serviços de limpeza e médicos para a população.
De acordo com os vereadores, as visitas são uma ferramenta importante para que a realidade de cada local seja conhecida e com isso possa ser cobrado do Executivo Municipal melhorias que atendam amplamente as demandas.

O Vereador Marcelo Gaúcho (PTB) participou na sexta-feira(10), à tarde, em Porto Alegre de um evento “TDAH nas escolas”. A promoção foi de pais, familiares e portadores do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), na Assembleia legislativa - Teatro Dante Barone.
O TDAH, tradicionalmente diagnosticado e tratado por profissionais que atuam em clínicas, passou a ser diagnosticado e acompanhado por orientadores educacionais, administradores escolares e professores no manejo dos desafios associados ao transtorno nos últimos anos.
Uma pesquisa levantada pelo DSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), revelou que cerca de 6% a 7% das crianças brasileiras sofrem com déficit de atenção e hiperativismo.

Neste sentido, O vereador Marcelo querendo contribuir para o enfrentamento de um tema fundamental para a consecução do direito de crianças e adolescentes de desenvolverem plenamente, com qualidade de vida, sem preconceito e com respeito às suas diferenças, razão pela qual apresentou o Projeto de Lei nº 175/2018, sob nº 1166 e protocolado na Câmara Municipal de Santo Antônio da Patrulha no dia 11 de junho de 2018. Com parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), parecer da Comissão de Educação, bem estar social, Saúde e infraestrutura(CEBESSI) e parecer Dr. Igor dos Santos Oliveira, Assessor Jurídico, teve veto total ao projeto pelo poder Executivo e rejeitado o referido veto pelo Poder legislativo no dia 06 de agosto de 2018.

O projeto não assinado em tempo hábil pelo Prefeito Municipal, retornou a Câmara para ser assinado e promulgado pelo Presidente, como prevê a Lei Orgânica do Município.  

Os 60 anos do Rotary Club de Santo Antônio da Patrulha serão lembrados nesta quinta-feira, às 18h30, na Câmara Municipal, em sessão solene proposta pelo vereador Rodrigo Massulo, do PP.

A atual presidência e todos os presidentes que passaram pelo comando do clube receberão um certificado de reconhecimento pelos serviços prestados ao município.

“Como membro da família rotária que fui, através do Rotaract, me sinto honrado em poder oferecer este justo e singelo reconhecimento a esse grupo de abnegados patrulhenses que fazem o bem sem olhar a quem”, diz Rodrigo.

O vereador Charlis Santos (MDB) apresentou na Câmara de Vereadores, na sessão ordinária do dia 6 de agosto, a indicação 061/2018, que sugere ao prefeito Daiçon Maciel da Silva a adesão de Santo Antônio da Patrulha ao Programa Cidade Amiga do Idoso instituído pelo Governo Federal com a finalidade de incentivar os municípios a adotarem medidas para um envelhecimento saudável e aumentar a qualidade de vida da pessoa idosa.

A proposta visa fazer com que o Município de Santo Antônio da Patrulha, ao aderir o programa, tenha prioridade no recebimento de recursos oriundos do Fundo Nacional do Idoso, criado pela Lei nº 12.213, de 20 de janeiro de 2010.

Na indicação, o vereador Charlis explica que o Município que fizer parte do programa, possuir uma política municipal do idoso e apresentar melhores condições para as pessoas idosas receberá a titulação de Cidade Amiga do Idoso, concedida pelo Conselho Nacional do Idoso e outorgada pela Organização Mundial de Saúde.

“Para participar, o município interessado deve ter em funcionamento um Conselho Municipal do Idoso e apresentar um plano de ação com o objetivo de beneficiar a pessoa idosa em aspectos como: transporte, moradia, serviços de saúde, inclusão social, entre outros”, afirma Charlis.

Conforme o parlamentar emedebista, mais do que garantir uma certificação, é imperioso dotar nossa cidade de equipamentos e serviços que assegurem saúde e qualidade de vida aos idosos, o que pode ser viabilizado inclusive com recursos do Fundo Nacional do Idoso.