sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
10ª Conferência Municipal de Saúde, com o tema “Garantir Direitos e Defender o SUS, a Vida e a Democracia – Amanhã vai ser outro dia”
10ª Conferência Municipal de Saúde, com o tema “Garantir Direitos e Defender o SUS, a Vida e a Democracia – Amanhã vai ser outro dia”

A 10ª Conferência Municipal de Saúde ocorreu nas dependências da Câmara de Vereadores nesta quarta-feira, dia 22. O evento, que acontece a cada quatro anos, é um dos mais importantes espaços de diálogo entre governo e sociedade para a construção das políticas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS). Caracteriza-se como um momento ímpar para mobilizar e estabelecer diálogos com a sociedade patrulhense acerca das necessidades e prioridades para cada região, da saúde como direito e em defesa do SUS.

Com o tema “Garantir Direitos e Defender o SUS, a Vida e a Democracia – Amanhã vai ser outro dia”, a Conferência reuniu representantes de vários segmentos sociais, onde puderam aprofundar o debate sobre as possibilidades sociais e políticas para barrar os retrocessos no campo dos direitos sociais, em especial as que incidem sobre o setor saúde, e a necessidade da democratização do Estado. 

O evento propiciou espaço para ampla participação e representação da sociedade e consolidou a legitimidade do processo democrático enquanto dispositivo fundamental para a construção de políticas de estado sustentadas pela participação popular.

Nesta etapa municipal foi preparada propostas para serem enviadas à etapa estadual e, por sua vez, à nacional, bem como elegeu os delegados que representarão Santo Antônio da Patrulha.

O SUS, apesar da sua curta existência de 35 anos, é um dos maiores sistemas públicos de saúde do mundo, sendo um exemplo de inclusão e transformação. Amparado por um conceito ampliado de saúde, o SUS nasceu da reforma sanitária e dos movimentos populares, sendo criado em 1988, pela Constituição Federal Brasileira, para ser o sistema de saúde dos mais de 200 milhões de brasileiros.

O presidente da Câmara de Vereadores, Ezequiel Peixoto, afirmou que a Conferência de Saúde trata de propostas pelo bem-estar dos munícipes. “É para isso que estamos aqui, para ouvir e considerar cada reivindicação. Devemos ter em mente que garantir direitos e defender o SUS é uma obrigação de todos”.

A Conferência contou com a presença do secretário da Saúde, Antônio Selistre, o vice-prefeito, Marcelo Gaúcho, o presidente da Câmara de Vereadores, Ezequiel Peixoto, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Augusto Linden, os vereadores, servidores e representantes de vários segmentos da sociedade.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 23/03/2023
Atualização: 11/04/2023
Acessos: 253

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo