sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
André Selistre propõe o Projeto “Cidade Monitorada” a nova administração
André Selistre propõe o Projeto “Cidade Monitorada” a nova administração

Com o crescimento de Santo Antônio da Patrulha surgem novas necessidades. O aumento da insegurança pública, tem estimulado a população a buscar novos e seguros meios de proteção, sem a necessidade do uso de armas. E o principal deles tem sido a utilização de câmeras de videomonitoramento, que acabam inibindo a ação dos marginais onde estão instaladas. Além de desestimular a prática de crimes, imagens de câmeras tem ajudado a polícia a desvendar crimes e a identificar bandidos. Antes, de uso restrito às residências e aos estabelecimentos empresariais, o videomonitoramento está ganhando também as ruas, como um reforço cada vez mais importante da segurança pública. Nem mesmo a preocupação com a possível perda da privacidade tem feito a população deixar de aplaudir e estimular o uso de câmeras em todos os locais possíveis.

Visando ampliar as ações de segurança pública, o vereador Progressista André Selistre aposta novamente no Projeto de Lei nª 202/21- Cidade Monitorada, que está tramitando na Casa legislativa.

O Projeto CIDADE MONITORADA é uma iniciativa que tem como objetivo alcançar o máximo de câmeras possíveis instaladas em Santo Antônio da Patrulha nos próximos anos, visando inibir a violência, auxiliar na investigação e elucidação de crimes e delitos, aumentando assim a segurança e a tranquilidade no município.

Tramandaí, uma das cidades mais populosas do Litoral Norte, após a implementação do cercamento eletrônico, deu um grande e importante passo para qualificar a segurança de moradores e visitantes.

“Os moradores se sentem mais seguros ao transitar pelas ruas e comércios sabendo que estão sendo vistos por câmeras móveis que foram instaladas em áreas comerciais e nos principais pontos de ocorrência de problemas”, lembra André.

Sem poder aumentar o efetivo, por conta das limitações orçamentárias do governo, os órgãos de segurança do Distrito Federal estão investindo na interação e conscientização dos moradores para melhorar a segurança pública.

Essa aproximação com a comunidade, para que ela seja parceira nas ações de prevenção, vem sendo buscadas há alguns anos.

O Projeto será uma importante ferramenta do poder público para detectar, prevenir e reagir a situações emergenciais e ocorrências cotidianas, assim como na preservação do espaço público.

Também será uma poderosa ferramenta para ser utilizada em investigações de diversas naturezas pelos Órgãos Públicos competentes.

A principal vantagem do Projeto é a viabilização do mesmo sem a necessidade de Gasto Público, sendo mantido integralmente pela participação consciente e colaborativa da comunidade, através de suas próprias câmeras particulares instaladas externamente em suas empresas e residências.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 24/05/2021
Atualização: 24/05/2021
Acessos: 146

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo