sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
Câmara aprova PL que celebrará o Dia de Ogum e Umbandistas no município
Câmara aprova PL que celebrará o Dia de Ogum e Umbandistas no município

O dia 23 de abril é uma data especial para devotos do catolicismo, da umbanda e do candomblé. Dezenas de pessoas visitam as igrejas e capelas para expressar afeto e devoção a um dos santos mais venerados do catolicismo.

No Brasil, a umbanda sincretiza elementos de religiões como o catolicismo, o espiritismo e o candomblé. O contexto, que mistura diferentes crenças, envolve a busca de negros escravizados trazidos à força da África por tentar preservar seus cultos e fés originais.

Na crença da umbanda, são reverenciados orixás ou guias, que são entendidos como entidades superiores. Entre os orixás, está Ogum que, no sincretismo religioso, está associado a São Jorge, principalmente no Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. A relação entre o orixá e o santo católico está em elementos como a batalha, a espada e a coragem.

Nesta semana, durante a 41ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores foi lido e aprovado o PL 378/2023, de autoria do vereador João Eliseu de Souza Meregali, propondo que as datas comemorativas 23 de abril, dia de São Jorge, e 15 de novembro, dia dos umbandistas, que o Poder Executivo realize atividades, anualmente, em parceria com as entidades civis e povos tradicionais de matriz africana no município.     

Em seu discurso, o parlamentar abordou o tema da intolerância religiosa. “É nosso dever respeitar todas as crenças e religiões. Porém, vivemos em um mundo onde teoricamente o discurso cai muito bem, mas, na prática, cada um sabe o que passou para professar sua fé”.

Segundo a sua justificativa, Chocolate defende o combate ao racismo e a intolerância religiosa, e salienta que é preciso reconhecer a contribuição das culturas de matrizes africanas, fomentar a construção e preservação da identidade dessas, visando reconhecer o patrimônio cultural imaterial, abrangendo as expressões culturais e as tradições, em respeito da sua ancestralidade, para as gerações futuras.

Neste domingo (15), em suas redes sociais, o vereador realizou uma homenagem ao Dia dos Umbandistas. Essa data foi escolhida porque a umbanda surgiu no Brasil no dia 15 de novembro de 1908 por meio do médium fluminense Zélio Fernandino de Moraes (1891-1975). Em 2012, a então presidente Dilma Rousseff oficializou o 15 de novembro como Dia Nacional da Umbanda, religião apontada como uma das únicas genuinamente brasileiras.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 16/11/2023
Atualização: 16/11/2023
Acessos: 228

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo