sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
Câmara reforça o alerta às mulheres para prevenção do câncer de colo de útero
Câmara reforça o alerta às mulheres para prevenção do câncer de colo de útero

A prevenção se dá pela vacinação contra o HPV, antes do início da vida sexual, e pelo exame preventivo de Papanicolau ou citopatológico, que podem detectar as lesões precursoras. Quando as alterações que antecedem o câncer são identificadas e tratadas é possível prevenir a doença em 100% dos casos

Em março é comemorado o Dia da Mulher e também é o mês da campanha de conscientização sobre o câncer de colo de útero. Conhecido como “Março Lilás”, a campanha faz o alerta sobre o aumento da incidência e as formas de prevenção para esse tipo de câncer, que é o terceiro mais incidente entre as mulheres, segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer).

O tumor se desenvolve a partir de alterações no colo do útero, chamadas de lesões precursoras, e que são totalmente curáveis. Se não houver o tratamento as lesões podem se transformar em câncer.

O aparecimento das lesões está associado a infecção persistente do vírus HPV (papilomavírus humano), que é sexualmente transmissível e não apresenta sinais nos estágios iniciais. Conforme a doença avança podem aparecer sangramento vaginal, corrimento e dor, nesses casos a orientação é procurar um posto de saúde para tirar as dúvidas e investigar os sinais e sintomas. 

O Inca estima que até o ano de 2025, 17 mil mulheres sejam diagnosticadas com a doença, o que corresponde a 15,3 casos para cada 100 mil mulheres. 

Nós apoiamos esta causa!

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 01/03/2024
Atualização: 15/03/2024
Acessos: 131

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo