sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
Canário homenageia os 50 anos da Faders
Canário homenageia os 50 anos da Faders

A Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha concedeu na tarde de segunda-feira (18) um momento de reconhecimento ao presidente da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul (Faders), Marcos Antônio Lang. A proposição, de autoria do presidente da Casa, Sergio Airoldi, também celebrou os 50 anos de fundação da entidade, comemorado no último dia 23 de outubro. O Requerimento nº 024/2024 foi lido e aprovado, por unanimidade, durante a 1ª Reunião Ordinária realizada no dia 05 de fevereiro de 2024.

Para os vereadores a homenagem serve para agradecer e enaltecer o trabalho realizado pela Faders nestas cinco décadas de referência. Também ressaltaram o trabalho realizado pela instituição, que é vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social do RS, especialmente através do programa Rede Praia Acessível, que tem transformado praias e balneários gaúchos em espaços acessíveis a todos, e do qual o município de Santo Antônio da Patrulha faz parte.

Na ocasião, foram chamados os vereadores Ricardo Pires e Diego Portal para entregarem ao agraciado o certificado. O diretor-presidente da Faders, Marquinho Lang, agradeceu pela homenagem e também ao trabalho realizado por todos que fazem parte ou que marcaram a sua trajetória na entidade.

A Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul (Faders) trabalha na promoção e no acompanhamento de políticas públicas para pessoas com deficiência e pessoas com altas habilidades no âmbito do estado do Rio Grande do Sul, buscando favorecer a inclusão e a valorização do público a quem presta atendimento. Criada em 23 de outubro de 1973, pela Lei Estadual nº. 6.616/73, a então chamada FAERS (Fundação Rio-Grandense de Atendimento ao Excepcional) tinha como objetivo a pesquisa, profilaxia e o atendimento ao excepcional nas áreas de saúde, educação, trabalho e previdência social. Em 2013, uma lei estadual alterou a denominação da fundação.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 19/03/2024
Atualização: 01/04/2024
Acessos: 164

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo