sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
Charlis, Manoel e Jair visitam Central de Doações
Charlis, Manoel e Jair visitam Central de Doações

Os vereadores Charlis Santos, Manoel Adam e Jair Belloli, todos do MDB, na companhia do assessor Gabriel Diedrich, estiveram conhecendo a estrutura da Central de Doações de Santo Antônio da Patrulha, na segunda-feira (20) à tarde.
Localizada na Rua Daltro Filho, nº 72, Cidade Alta, antigo endereço do Asilo Oscar Vargas da Silva, a Central de Doações abre de segunda a quinta-feira das 8h às 11h30 e das 13h às 14h30. O local concentra a coleta de donativos arrecadados junto aos munícipes e empresas bem como a distribuição dessas doações a quem mais necessita. Os artigos vão desde roupas, agasalhos e calçados a roupas de cama, colchões, móveis e utensílios.
Concursada há 12 anos, a servidora Sandra Messagi Carvalho é responsável pela coordenação da Central de Doações e explica que hoje o Município possui 884 famílias cadastradas no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) que acessam a doações com periodicidade. Mas nada impede que toda e qualquer pessoa interessada possa recorrer à ajuda da Central de Doações. Segundo Sandra, o cadastro no Cras é um requisito para receber a doação, mas não ninguém fica desamparado. “Se vem alguém aqui precisando de alguma coisa, mesmo que eu não tenha naquele momento, dou um jeito de conseguir”, afirma Sandra.
A Central de Doações é mantida pelo Município através da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, liderada pela secretária Ana Cristina Ramos Cardoso, e todo usuário deve se cadastrar na rede de atendimento no Centro de Referência da Assistência Social (Cras), localizado na Rua Francisco Borges de Lima, nº 478, bairro Bom Princípio. Outro serviço mantido pela Secretaria, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), hoje instalado em prédio locado, deverá ocupar as instalações do prédio da Central de Doações. As obras de adaptação estão em fase de acabamento.
A secretária Ana Cristina informa que a Central de Doações funciona o ano inteiro, mesmo que a Campanha do Agasalho tenha prazo determinado para final de agosto. “Nesse período frio e chuvoso, é importante que divulguemos o serviço disponível tanto para quem quer doar como para quem precisa receber”, conclama.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 22/08/2018
Atualização: 22/08/2018
Acessos: 137

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo