sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
Gabriel Diedrich sugere congelamento dos valores do IPTU
Gabriel Diedrich sugere congelamento dos valores do IPTU

O vereador Gabriel Diedrich (MDB) apresentou uma indicação na Câmara de Vereadores a fim de que o Governo Municipal realize um estudo de viabilidade para congelamento dos valores do Imposto Sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) para o ano de 2022. A proposta aderida pelos vereadores das Bancadas do MDB, Ricardo Pires, Valdir Silva e Vieira Dias, e do PDT, Diego Portal foi aprovada por unanimidade na reunião ordinária legislativa na última segunda-feira (25).

O vereador destaca que a solicitação vem atender a demanda da comunidade, tendo em vista as consequências da pandemia tanto para o setor econômico como para todas as famílias patrulhenses.

“Estamos encaminhando pedido de estudo como sugestão ao Poder Executivo para que se viabilize o congelamento do IPTU para o exercício de 2022 em Santo Antônio da Patrulha. Temos como exemplo a iniciativa do Prefeito de Porto Alegre que aprovou um projeto na Câmara Municipal de Vereadores e que congelou o IPTU da Capital entre 2022 e 2025”, justifica Gabriel.

O parlamentar cita que é uma forma de ir ao encontro da comunidade num momento de dificuldade econômica por causa da pandemia, altos índices de desemprego e boa situação financeira superavitária das contas públicas municipais.

“A indicação tem como fundamento buscar manter o poder de compra da população, de amenizar um pouco o impacto financeiro sobre as famílias. Os recentes e constantes aumentos da tarifa de energia elétrica, dos combustíveis e alimentos vêm contribuindo de forma significativa na queda vertiginosa da renda da população”, destaca Gabriel.

O aumento da carga tributária, principalmente do IPTU, no caso local, tem a forte consequência na diminuição do poder aquisitivo, fato que além de afetar a dignidade da pessoa humana, influenciará de forma severa no comércio local.

A economia é uma roda, o aumento no IPTU, com certeza, levará a diminuição dos já escassos recursos, principalmente da população mais pobre, e terá como um resultado óbvio a diminuição de compras.

A diminuição de compras no comércio local, por claro, diminui a arrecadação e o município também deixa de ganhar.

“O congelamento no valor do IPTU vai beneficiar toda a população, pois beneficiaria tanto o setor comercial, como indústrias e as próprias famílias, que estão com dificuldades em função da instabilidade da economia”, afirma Diedrich.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 26/10/2021
Atualização: 26/10/2021
Acessos: 168

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo