sessoes ordinarias

SESSÕES ORDINÁRIAS:

segundas-feiras, às 16 horas.
Vereador Gabriel inicia luta por campus de instituto federal de educação
Vereador Gabriel inicia luta por campus de instituto federal de educação

A educação segue sendo uma das principais áreas de atuação do vereador Gabriel Diedrich na Câmara de Vereadores, principalmente com enfoque voltado à formação técnico-profissional. Egresso de escolas técnicas como a Escola Patrulhense e Barão do Cahy, Gabriel sabe a importância da aprendizagem profissional. E foi essa visão que fez com que o parlamentar iniciasse uma luta pela atração de um instituto federal de educação, ciência e tecnologia para Santo Antônio da Patrulha.

Na viagem a Brasília realizada no mês de abril, o vereador Gabriel promoveu reunião no Ministério da Educação e formalizou o interesse de nosso município em sediar um campus do instituto federal de educação. Acompanhado da vereadora Jacira Santos, o parlamentar esteve reunido no dia 18 de abril com Carlos Roberto Cavalcante, coordenador geral de Planejamento e Gestão da Diretoria de Desenvolvimento da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, e com a chefe de gabinete Rachel Moreira, a quem apresentaram as características e potencialidades de Santo Antônio da Patrulha, especialmente sua vocação para a formação técnico-profissionalizante.

O vereador Gabriel Diedrich busca aproveitar a oportunidade que o Governo Federal está abrindo com o anúncio recente da criação de 100 novos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs). A iniciativa alcança todas as Unidades da Federação e gera 140 mil novas vagas, a maioria em cursos técnicos integrados ao ensino médio. Por meio do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), serão investidos R$ 3,9 bilhões em obras (sendo R$ 2,5 bilhões para a criação de novos campi e R$ 1,4 bi para a consolidação de unidades dos IFs já existentes), como a construção de refeitórios estudantis, ginásios, bibliotecas, salas de aula e aquisição de equipamentos. Cada nova unidade tem custo estimado de R$ 25 milhões, sendo R$ 15 milhões para infraestrutura e R$ 10 milhões para aquisição de equipamentos e mobiliário.

A proposta de inserir o Município no mapa das possibilidades de sediar um novo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IF) foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores através do requerimento nº 419/2024 de autoria do vereador Gabriel Diedrich.

Detalhes

Escrito por: Claudio Franken - Assessoria de Imprensa
Categoria: Notícias
Postado: 03/05/2024
Atualização: 03/05/2024
Acessos: 70

Compartilhar

whatsapp facebook twitter
Pular para o conteúdo