Os vereadores Marcelo Gaúcho e Samuel Souza (PTB) realizaram, nesta quarta-feira (31), uma visita à Escola Municipal Ensino Fundamental José de Anchieta, localizada no Montenegro. Os vereadores foram recepcionados por Angelina Coelho Ferreira e Karina Bernardes Barcellos Bandeira. 

A E.M.E.F José de Anchieta, foi a primeira rádio escolar da Rede Municipal de Ensino. “A voz do Anchieta” é coordenada pelo professor Sandro Cardoso, com apoio do Jeferson Santos da Silva e o servidor Paulinho. Contam com uma programação voltada para a comunidade escolar, divulgando notícias da localidade de Montenegro e região, além de atividades escolares e músicas.

O sinal da rádio pode ser sintonizado em até 2 km da localização da escola, pela frequência 90.9 FM. A Escola recebeu o kit com a aparelhagem radiofônica através de recursos do Governo Federal com contrapartida da Prefeitura Municipal. A montagem do estúdio contou com o auxílio do radialista Odilon Ramos.

Acompanhando a transmissão, os vereadores participaram rapidamente da programação. Este projeto partiu da necessidade de promover dentro do ambiente escolar um canal de comunicação com a comunidade escolar e favorecer o trabalho em equipe, os professores promover a interdisciplinaridade, e os alunos aprender a se expressar por meio da oralidade, da escrita e da linguagem radiofônica. O aumento da interatividade dos meios de comunicação exige o desenvolvimento de habilidades específicas pelos seus usuários, sobretudo no contexto educacional.

O vereador Marcelo Gaúcho (PTB) esteve em reunião, na manhã desta quinta-feira (01) com o Secretario Geral de Governo, Planejamento e Gestão – SEGPG, Ferúlio José Tedesco acompanhado do Gerente da Corsan de Santo Antônio da Patrulha, Gabriel Lorenzi.

A reunião teve como pauta um projeto que trará inovação no abastecimento de água na localidade Costa da Miraguaia, 2º Distrito de Santo Antônio, possibilitando e melhorando o acesso a água potável e de qualidade para o cidadão. Marcelo também questionou sobre os documentos anexos ao projeto e como estão as tratativas entre Prefeitura Municipal e Estado.

O vereador Gilberto Souza (Progressistas), apresentou na sessão ordinária desta segunda-feira (29) várias indicações visando atender as solicitações da comunidade. Na Região do Passo das Moças, entre outras demandas, a colocação de lâmpadas na Estrada Onofre Barth após a fábrica de Doces Santo Antônio, conforme Pedido de Providência Nº 730/18.

Outro Pedido de Providência Nº 731/18 para que a Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança promova a construção de um bueiro na Estrada Otávio Benjamin, em frente à creche na localidade da Costa da Miraguaia.

O vereador em sua justificativa ressaltou que as situações das estradas e iluminação pública penalizam o contribuinte já que transitar por elas tornaram-se motivos de transtornos aos moradores e usuários das vias.

“Muitos moradores estão pedindo a realização de obras e serviços nas suas localidades, demonstrando o compromisso e civismo de participar da gestão administrativa da cidade”, conclui Tio Beto.

Balneário público de grande movimentação há algumas décadas, a Lagoa dos Barros, é localizada entre as cidades de Santo Antônio da Patrulha e Osório, às margens da BR 290 cerca de 15 km.

É uma Lagoa habitada por uma rica fauna e flora. Em Santo Antônio da Patrulha, há um balneário municipal que no verão é o ponto de encontro do pessoal da região, bem como de outros locais que vem para descanso e a única praia da lagoa, que conta com guaritas de salva-vidas e bares. Á partir deste mês de novembro dezenas de famílias, principalmente nos finais de semana, frequentam a Lagoa que tem a maior captação de água do planalto.

Os vereadores Marcelo Gaúcho e Samuel Souza (PTB), estiveram visitando nesta quarta-feira (31) e observaram o abandono evidente logo na chegada ao local. A praça e as churrasqueiras que foram construídas, dentro do balneário, não oferecem as mínimas condições de lazer.

No local não há iluminação pública e toda a estrutura está tomada pelo mato e restos de objetos utilizados e descartados por pessoas que ali ainda passam, sem qualquer segurança.

A vegetação alta, o terreno íngreme e há lixo doméstico espalhado por todo o balneário. Chegando à margem da Lagoa, o cenário não é muito diferente, com sacolas plásticas e garrafas pets ocupando o lugar antes disputado pelos banhistas.

Além da questão ecológica, o abandono do balneário da Lagoa dos Barros também afeta a qualidade de vida dos moradores daquela região.

Em relação ao nível da Lagoa dos Barros, hoje medindo 11.14 metros, já estão realizando puxadas d’agua e o sangrador com a vazão máxima.

Na 39ª Sessão Ordinária, ocorrida nesta segunda-feira, 29, através de um pedido verbal o vereador Marcelo Gaúcho (PTB), solicita ao DAER e a Secretária de Obras, Trânsito e Segurança a colocação de placas indicativas e redutores de velocidade em frente à Escola de Educação Infantil Baby Pinguinho, localizada às margens da RS 030, na Av. Cel Victor Villa verde, Cidade Baixa. Entende que já existe uma faixa de segurança, há pouco tempo foi repintada, mas ainda é pouco sinalizado.

“Minha preocupação é constante com a segurança das crianças, pais e funcionários ao atravessar esta avenida, principalmente nos horários de entrada e saída dos alunos, pois é intenso e o risco de atropelamentos das pessoas é alto”, finaliza Gaúcho.

Com uma maior sinalização diminui a possibilidade da ocorrência de acidentes futuros, pois alertaria os motoristas da necessidade deles reduzirem seus veículos, ao vê-la, pois sabem que o local é utilizado, com frequência, pelos pedestres para efetuar a travessia da via pública.