O vereador Marcelo Gaúcho está implantando um novo jeito de encaminhar as solicitações dos moradores ao Executivo. Há duas semanas ele vem gravando vídeos com as comunidades e relatando problemas e demandas que devem ser resolvidos pela prefeitura para um melhor funcionamento da cidade. Esses vídeos são postados em sua página oficial no Facebook e vêm tendo uma repercussão muito positiva da sociedade. Na última quinta-feira, 22, ele vistoriou o atendimento da Prefeitura em uma dessas solicitações.


Há uma semana, Marcelo compartilhou uma gravação onde relatava a precária situação de uma ponte na localidade de Catanduva Grande. A ponte, que tem cerca de 50 metros de comprimento, liga as comunidades de Catanduva Grande a Pinheirinhos e dá acesso a RS 474, tornando menor o trecho para carros e caminhões que transitam por ela. Devido a atual situação, existe uma placa de aviso, alertando que não é permitida a passagem de veículos grandes como caminhões e ônibus, mas, mesmo assim, eles continuam atravessando por ela. O estado da ponte é crítico e há grande risco de que algo grave aconteça, caso ela não seja refeita em sua totalidade.


A prefeitura, após a divulgação do vídeo, apenas trocou algumas tábuas podres, fazendo uma espécie de “remendo” em uma das partes mais graves, o que não solucionou de forma alguma o problema que ali existe. Buracos e outras madeiras podres continuam ali.


Marcelo salienta que “é necessário uma ação urgente, por parte do executivo, para evitar que uma tragédia aconteça ali, a situação é grave e não pode ser “remendada”, ela deve ser refeita totalmente por questão de segurança, antes mesmo da melhora na trafegabilidade do local”.


A fiscalização feita na ponte foi acompanhada pelo Vereador Rodrigo Massulo e pelo morador daquela comunidade, Alexandre Ramos, que diz já ter solicitado diversas vezes ao Secretário de Obras a reconstrução da ponte.

Leia aqui o resumo da Ordem do Dia e do Expediente da 8ª Reunião Ordinária da Câmara, realizada no dia 26 de março de 2018.

Acompanhe também o áudio da Sessão clicando no ícone Câmara em áudio - No Ar

 

Após a Prefeitura retomar as atividades em turno integral, desde março de 2018, a Câmara de Santo Antônio da Patrulha decidiu acompanhar o executivo e seguir o mesmo horário de trabalho. A partir de 2 de abril, segunda-feira, o Legislativo Patrulhense irá funcionar dás 8h as 12h e dás 13h ás 17h se segunda a sexta feira.


Esta é uma resolução (03/2018) da mesa diretora, composta pelo Presidente Jorge Eloy de Oliveira, Vice, João Luis Moreira da Silva e pelo Secretário, Dirceu Machado.


As sessões ordinárias continuam no mesmo horário toda segunda-feira, ás 19h, no Plenário Euzébio Barth, e as comissões funcionam também ás segundas-feiras, ás 14h no Plenarinho da Câmara.


Também seguindo o horário de funcionamento do Executivo, o Legislativo irá funcionar dás 8h ás 12h nesta quinta-feira santa, 29 de março, véspera de feriado.

 

O Presidente do Legislativo Patrulhense, Jorge Eloy de Oliveira, recebeu em seu gabinete, na tarde desta segunda-feira, 26, o ex-prefeito de Estância Velha, Elivir Desiam, mais conhecido como Toco.


Desiam fez uma visita de cortesia ao Presidente e anunciou sua pré-candidatura a Deputado Estadual, pelo PTB. Hoje ele trabalha como Coordenador Regional da bancada do partido na Assembleia Legislativa, tendo extenso currículo na área política.


Toco, foi vereador em Estância Velha de 1997 a 2000 e prefeito de lá por dois mandatos, de 2001 a 2008, além de diretor da Fenac entre os anos de 2009 e 2016.

 

Foi aprovada na última sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, no dia 26 de março, o Projeto de Lei nº 91/2018 que dispões sobre a divulgação da relação dos médicos e relação dos medicamentos disponíveis na Rede Pública municipal de saúde e dá outras providências.


Por unanimidade, os vereadores disseram sim ao Projeto de autoria do vereador Marcelo Gaúcho, que trará facilidade aos usuários do sistema público de saúde do município, ao saberem quais médicos, dentro de suas respectivas especialidades, estarão disponíveis nas casas de saúde e seus horários de atendimento em Postos e ESFs (Estratégias de Saúde da Família), bem como nas centrais de marcação, e pronto atendimentos e Hospital Municipal.
Conforme a Lei, o Poder executivo divulgará, em site oficial e nas dependências das unidades de saúde, a relação dos médicos e medicamentos (atualizada) disponíveis na rede de Saúde pública municipal.


Esta é mais uma vitória da comunidade, esclarece Marcelo, pois sabendo das datas e horários em que os médicos estarão atendendo, espera-se que as filas diminuam e o usuário possa se organizar melhor com as consultas e retirada de medicamentos. A comunidade do interior, de forma especial, terá mais mobilidade para ir e vir, sabendo que os moradores necessitam de ônibus para se locomover até os postos.


Agora, cabe ao prefeito sancionar a Lei, como chefe do Executivo Municipal.