Nem mesmo o feriadão impediu o Vereador Rodrigo Massulo de estar no meio das pessoas, ouvindo suas reivindicações e conversando sobre Santo Antônio da Patrulha.

Na tarde deste sábado, 20 de abril, o Presidente da Câmara realizou mais uma edição de seu Gabinete Móvel, projeto que visita, a cada mês, um bairro diferente ou uma localidade do interior para conversar com moradores. Desta vez foi no bairro Lomba da Páscoa, em frente ao Mercado Santos Muniz, e o parlamentar lá esteve das 14h às 16h.

“Desde que me elegi faço este trabalho. Meu principal objetivo é ouvir as pessoas. Enquanto a maioria da classe política brasileira aparece somente de 4 em 4 anos, por aqui, eu faço diferente. Apesar de não ter o poder para resolver todas as demandas que recebo, sempre cobro dos setores responsáveis tudo aquilo que ouço dos moradores do bairro”, explica Rodrigo Massulo.

Até o fim do mandato do vereador, em dezembro de 2020, a ideia é que todos os bairros e localidades do interior tenham recebido o Gabinete Móvel de Massulo.

A Câmara aprovou por unanimidade o PL 20/2019 que prevê valorização dos artistas locais, através do Programa Prata da Casa. Fomentar a participação dos artistas locais em eventos musicais, apresentar a nossa rica cultura de Santo Antônio da Patrulha e apoiados pela iniciativa pública, é o que prevê o Projeto de Lei, com indicação de autoria do vereador Charlis Santos e elaboração e iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esportes e Juventude de Santo Antônio da Patrulha.

A proposta apresentada e aprovada na 10ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores, ocorrida no dia 08 de abril, estabelece a obrigatoriedade de disponibilização de oportunidade para apresentação de grupos, bandas, cantores ou instrumentistas locais na abertura de eventos musicais que contenham financiamento público municipal, assim como mecanismo de proteção, espaço e preferência por oportunizar destaque as nossas Pratas da Casa.

Charlis acredita que a valorização dos talentos, a oferta de oportunidades e a disponibilização de cultura são, neste contexto, tarefas demasiadamente simples, ao alcance de todos os envolvidos, sem que existam justos motivos para não serem elementos de uma transformação no cenário cultural do município. “O projeto visa incentivar talentos municipais visto que dispomos uma vasta gama de talentos, artistas em todos os estilos musicais, destaques nas artes, literatura, dança, dentre tantos outros de muita qualidade em nosso município. É uma espécie de protecionismo de nossos talentos locais”, afirma o vereador. O projeto segue agora para sanção do prefeito Daiçon Maciel da Silva. 

Na 11ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, realizada na segunda-feira (15), o vereador do MDB Manoel Adam encaminhou uma indicação ao Poder Executivo, sugerindo que seja realizado um estudo sobre a viabilidade de incluir nos cardápios da merenda escolar alimentos feitos com farinha de arroz. O objetivo é oferecer uma opção de alimentação adequada para os estudantes que possuem intolerância ao glúten, por exemplo.  

“Fomentar a cultura da farinha de arroz na região será de extrema importância. Rica em proteínas, contém um alto nível de vitaminas do complexo B, além de cálcio e zinco, e mais, valoriza o produtor local e auxilia no fomento à produção do arroz e por consequência o desenvolvimento econômico da região”, finaliza Manoel.

Em dezembro de 2017, ocorreu o último Rodeio Nacional de Santo Antônio da Patrulha. Coordenado pelo CTG Coronel Chico Borges há mais de 30 anos, um dos mais tradicionais rodeios do Litoral, com 32 piquetes cadastrados do município, não teve sua edição realizada em 2018.

O cancelamento, na época, foi informado nas redes sociais e, segundo a entidade organizadora do evento, se deu devido à falta do PPCI (Plano de Prevenção e Combate a Incêndios), exigência básica do Corpo de Bombeiros para autorizar a realização de qualquer tipo de evento público.

Baseados nessas discussões, inclusive na imprensa, os vereadores André Selistre e Rodrigo Massulo, preocupados com a situação devido ao cancelamento de um outro evento tradicional (feira do torneiro), encaminharam um Requerimento nº 199/19 ao Prefeito Daiçon Maciel da Silva, sugerindo que o Executivo faça uma reunião entre o Poder Legislativo, Sindicatos, Bombeiros e CTG’S, tendo como pauta a realização do 34º Rodeio de Santo Antônio da Patrulha em 2019.

"Precisamos que todos falem a mesma língua. Temos visto versões diversas e isso é ruim para o município. Precisamos de união, de soma de forças, inclusive para buscar alternativas que tornem o Parque de Exposições um local de constantes eventos", dizem os vereadores. 

O vereador João Luís Moreira da Silva (Bacana) não poupou críticas à Prefeitura na sessão do dia 15/4. Segundo ele, o georreferenciamento feito no interior do município foi de forma errada.

“Algumas pessoas da Administração não tiveram os seus imóveis reavaliados, então, para a população fica a cobrança, para a gestão não?”, questionou o parlamentar.

No mesmo sentido, vários parlamentares, desde a semana passada, vêm solicitando ao Poder Público para que sejam suspensos, temporariamente, os lançamentos e as cobranças da Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos no interior, até que seja feito um estudo minucioso com relação aos critérios utilizados para a cobrança e os valores lançados.

Bacana encaminhou um requerimento ao Poder Executivo, solicitando a suspensão da cobrança da taxa de lixo dos moradores do interior, onde nunca foi realizada a coleta de lixo. Para o parlamentar, isso é injusto. Medida no mesmo sentido foi feita recentemente pelo também vereador Dirceu Machado.