Marcelo Gaúcho (PTB) esteve nesta sexta-feira (09) no antigo depósito da Triunfo-Concepa, as margens da BR 290 (Freeway), em Santo Antônio da Patrulha.

A preocupação com o déficit nas Contas Municipais foi a principal iniciativa da visita do vereador em busca de alternativas para ajudar o município na questão de obras, manutenções e revitalizações.  

Hoje administrado e sob a responsabilidade do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Gaúcho foi verificar a quantidade de materiais e equipamentos atirados no tempo, sucateados e que possivelmente daqui a pouco sem mais condições de uso. São diversas peças de sinalizações de trânsito, cavaletes, placas, painéis, pórticos, bobinas de cabos elétricos e uma grande quantidade de frisado e saibro.

Marcelo também localizou entre os entulhos uma estrutura completa para a colocação de um pórtico para a entrada da cidade de Santo Antônio da Patrulha. Conforme sua fala na 41ª Reunião Ordinária da Câmara de vereadores, nesta segunda-feira (12), encaminhou um requerimento nº 679/18 ao Excelentíssimo Senhor Allan Magalhães Machado, Superintendente Regional do DNIT no Estado do Rio Grande do Sul, solicitando a doação de materiais que estão abandonados, como saibro e pórtico, para o município de Santo Antônio da Patrulha, bem como que seja encaminhada cópia deste ao Exmo. Sr. Daiçon Maciel da Silva, Prefeito Municipal, para que tome ciência desta solicitação.

Em outubro deste ano, o vereador Samuel Souza (PTB) encaminhou um requerimento nº 583/18, na 35ª Reunião Ordinária da Câmara, ao Excelentíssimo Prefeito Municipal de Santo Antônio da Patrulha, Daiçon Maciel da Silva, para que, através da Secretaria Municipal de Obras, enviasse ao DNIT, a solicitação de cedência do material estocado no depósito possibilitando ao Poder Executivo e a Secretaria de Obras a doação do material fresado do asfalto, que não será reutilizado, visando empregar nas estradas do interior de Santo Antônio.

Na 39ª Sessão Ordinária, ocorrida na segunda-feira (29/10), através de um pedido verbal o vereador Marcelo Gaúcho (PTB), solicitou ao DAER e a Secretária de Obras, Trânsito e Segurança a colocação de mais placas indicativas de redução de velocidade em frente à escola infantil. 


Mediante a falta de segurança na ERS 030 e a preocupação do vereador Marcelo Gaúcho (PTB), hoje à tarde esteve acompanhado do Diretor de Trânsito de Santo Antônio da Patrulha, Da Costa, na sede do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), em Osório.

Solicitaram a colocação de placas indicativas e redutores de velocidade em frente à Escola de Educação Infantil Baby Pinguinho, localizada às margens da RS 030, na Av. Cel Victor Villa verde, Cidade Baixa. Entendem que já existe uma faixa de segurança, há pouco tempo foi repintada, mas ainda é pouco sinalizado.

Gaúcho foi recebido por Antônio Serqueira, da superintendência de faixa de domínio, reforçando seu pedido referente à segurança da escola, professores, pais e alunos.

“O trecho possui uma grande circulação de estudantes devido às escolas existente no bairro e também por ser a principal entrada e saída da cidade”, reforça Gaúcho.

Em menos de 24hs aconteceram dois acidentes. Na manhã desta sexta-feira (09), um engavetamento de três veículos, interrompeu a via, por volta das 7hs.

O suplente de vereador Gilberto Souza (Progressistas) se despediu da Câmara nesta segunda-feira (05). Na próxima segunda-feira (12) retorna aos trabalhos o vereador Dirceu Machado (Progressistas).

Tio Beto em sua justificativa ressaltou que as suas diversas indicações tanto no melhoramento das estradas quanto a iluminação pública penalizam o contribuinte, já que transitar por elas tornaram-se motivos de transtornos aos moradores e usuários.

“Muitos moradores diariamente solicitam a realização de algumas obras e serviços nas suas localidades, demonstrando o compromisso e civismo de participar da gestão administrativa da cidade”, finalizou Tio Beto.

Vereadores de Santo Antônio da Patrulha acompanhados de alguns moradores das comunidades do Rincão do Capim e Morro grande participaram nesta quinta-feira (08), após um convite da empresa, de uma visita ao Aterro Sanitário da RAC Saneamento, em Içara – Santa Catarina.

A empresa opera com licença ambiental e é especializada no gerenciamento, destacando-se o tratamento e a disposição final, de resíduos sólidos urbanos (domiciliares e comerciais) e industriais Classe II.

A visita teve como objetivo conhecer toda a estrutura e a infraestrutura de componentes de um aterro sanitário, bem como sua operação e funcionamento.

Inicialmente, todos assistiram o vídeo institucional da empresa e tiveram contato com os materiais informativos do aterro, como folders e cartilhas de educação ambiental.

Posteriormente, o grupo pode acompanhar de perto a operação das máquinas compactadoras, a impermeabilização do solo com membranas geotécnicas e também a drenagem de gases e percolados (chorume), sistema de tratamento de chorume e o avanço no projeto piloto de geração de energia com biogás. 

A visita foi orientado e supervisionado pelos próprios administradores e uma parte de seus técnicos responsáveis pela disciplina de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos.

A RAC já está com uma área comprada na localidade do Rincão do Capim, em Santo Antônio da Patrulha, cerca de setenta e nove hectares, com o objetivo de disponibilizar soluções para o gerenciamento dos resíduos sólidos gerados pelo município, comércio e indústria, auxiliando na melhoria dos índices de saneamento locais e na preservação do meio ambiente, utilizando para tal, tecnologias adequadas de tratamento e disposição final de resíduos sólidos, desta forma melhorando efetivamente a qualidade de vida da população atual e futura.

Depois de diversas solicitações e cobranças no plenário da Câmara Municipal durante sessão ordinária começam a ser realizados trabalhos de manutenção e recuperação das estradas da localidade de Vila Palmeira.

Os Vereadores Marcelo Gaúcho (PTB) e Rodrigo Massulo (Progressistas) percorreram as principais estradas e ruas, mas também conversaram com moradores sobre a execução dos serviços.

Essa é obrigação do Poder Legislativo, juntamente com o Poder Executivo, buscar solução às necessidades da população.  

É obrigação do poder público oferecer condições de trafegabilidade para os usuários dessas estradas vicinais, seja para transporte da produção ou até mesmo para o transporte escolar ou por qualquer que seja a necessidade.